Consumidor brasileiro prevê inflação de 10,5% para próximos 12 meses

Pesquisa Expectativa de Inflação dos Consumidores, realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV), aponta que os consumidores brasileiros prevêem uma inflação de 10,5% nos próximos 12 meses; alta é de 0,2 ponto percentual que a registrada no levantamento de maio (10,3%) e interrompe uma trajetória de três meses de queda

Consumidor brasileiro prevê inflação de 10,5% para próximos 12 meses
Consumidor brasileiro prevê inflação de 10,5% para próximos 12 meses (Foto: Apu Gomes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil - Os consumidores brasileiros prevêem uma inflação de 10,5% nos próximos 12 meses. A estimativa, da pesquisa Expectativa de Inflação dos Consumidores, realizada neste mês pela Fundação Getulio Vargas (FGV), é 0,2 ponto percentual superior à registrada no levantamento de maio (10,3%) e interrompe uma trajetória de três meses de queda.

A maior elevação da expectativa de inflação ocorreu entre os consumidores da faixa de renda mais baixa. Entre eles, a taxa cresceu 0,6 ponto percentual e chegou a 11,3%.

De acordo com a FGV, a leve alta de 0,2 ponto percentual está dentro da margem de erro estatístico. A interrupção da trajetória de queda pode ser efeito da taxa de 0,78% da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em maio e pelo grande aumento dos preços dos alimentos in natura.

Outro destaque dos dados é que os cariocas estimaram, na pesquisa de junho, uma taxa de inflação 0,7 ponto percentual acima do resultado de maio. A FGV acredita que isso tenha relação com a expectativa de aumento de preços durante os Jogos Olímpicos que ocorrerão no Rio em agosto.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247