Contra deserções, Lula pede ao PT que permaneça unido

O ex-presidente Lula participou, nesta quarta (30), de reunião com a Executiva Nacional do PT, em São Paulo; durante o encontro, os dirigentes dialogaram sobre a retomada e ampliação das mobilizações populares, conjuntura nacional, unificação e fortalecimento da esquerda no país; o ex-presidente também falou sobre a importância do debate político qualificado, sem agressões; Lula ainda sugeriu mais articulação nos estados e apoio na ativação da mobilização, destacando a necessidade de mais mobilizações populares e a importância de se fazer a defesa do PT contra a campanha seletiva de criminalização do partido

O ex-presidente Lula participou, nesta quarta (30), de reunião com a Executiva Nacional do PT, em São Paulo; durante o encontro, os dirigentes dialogaram sobre a retomada e ampliação das mobilizações populares, conjuntura nacional, unificação e fortalecimento da esquerda no país; o ex-presidente também falou sobre a importância do debate político qualificado, sem agressões; Lula ainda sugeriu mais articulação nos estados e apoio na ativação da mobilização, destacando a necessidade de mais mobilizações populares e a importância de se fazer a defesa do PT contra a campanha seletiva de criminalização do partido
O ex-presidente Lula participou, nesta quarta (30), de reunião com a Executiva Nacional do PT, em São Paulo; durante o encontro, os dirigentes dialogaram sobre a retomada e ampliação das mobilizações populares, conjuntura nacional, unificação e fortalecimento da esquerda no país; o ex-presidente também falou sobre a importância do debate político qualificado, sem agressões; Lula ainda sugeriu mais articulação nos estados e apoio na ativação da mobilização, destacando a necessidade de mais mobilizações populares e a importância de se fazer a defesa do PT contra a campanha seletiva de criminalização do partido (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, nesta quarta-feira (30), de reunião com a Executiva Nacional do PT, em São Paulo (SP). Durante o encontro, os dirigentes dialogaram sobre a retomada e ampliação das mobilizações populares, conjuntura nacional, unificação e fortalecimento da esquerda no país.

Além disso, o ex-presidente também falou sobre a importância do debate político qualificado, sem agressões.

Lula ainda sugeriu mais articulação nos estados e apoio na ativação da mobilização, destacando a necessidade de mais mobilizações populares e a importância de se fazer a defesa do PT contra a campanha seletiva de criminalização do partido.

Durante entrevista cedida a jornalistas, após o encontro, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, valorizou os esforços e unificação da Executiva do partido. “Nós estamos juntos e misturados, nesse momento muito rico da vida nacional”, afirmou.

Questionado sobre a reforma ministerial, Rui disse que opinião do PT e do ex-presidente Lula é de que esse é um momento de construção de estabilidade política, para que o país possa retomar o crescimento econômico, geração de emprego, distribuição de renda e de crédito. “A crise política precisa der debelada para que a economia volte a crescer”, encerrou Rui Falcão.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247