Correia: Cemig é estratégica para Minas Gerais

"A Cemig é a maior empresa de Minas Gerais e todos os 77 deputados assinaram abaixo-assinado contra a venda da empresa. Isso é inédito", disse o deputado Rogério Correia (PT-MG) em evento nesta sexta-feira (18) em Indianópolis; o parlamentar petista lidera a Frente Parlamentar em defesa da Cemig e se opõe à venda da estatal elétrica pelo governo Temer

"A Cemig é a maior empresa de Minas Gerais e todos os 77 deputados assinaram abaixo-assinado contra a venda da empresa. Isso é inédito", disse o deputado Rogério Correia (PT-MG) em evento nesta sexta-feira (18) em Indianópolis; o parlamentar petista lidera a Frente Parlamentar em defesa da Cemig e se opõe à venda da estatal elétrica pelo governo Temer
"A Cemig é a maior empresa de Minas Gerais e todos os 77 deputados assinaram abaixo-assinado contra a venda da empresa. Isso é inédito", disse o deputado Rogério Correia (PT-MG) em evento nesta sexta-feira (18) em Indianópolis; o parlamentar petista lidera a Frente Parlamentar em defesa da Cemig e se opõe à venda da estatal elétrica pelo governo Temer (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Em pronunciamento nesta sexta-feira (18), o deputado estadual Rogério Correia (PT-MG) criticou o projeto de privatização da Cemig (Centrais Elétricas de Minas Gerais) pelo governo de Michel Temer. A fala aconteceu em ato na Usina de Miranda, em Indianópolis (Triângulo Mineiro).

"A Cemig é uma empresa estratégica para Minas Gerais. É um crime vender uma empresa tão importante ao estado de Minas para cobrir rombo nas contas públicas", acrescentou Correia. O evento contou com a presença do governador Fernando Pimentel, parlamentares de vários partidos, representantes de movimentos sociais, empresariais, acadêmicos e do mundo jurídico.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email