Correia: ‘sábado a festa vai ser boa. Os vampiros que batam panela’

"Pouco importa se a TV Globo vai boicotar ou não a transmissão neste sábado; o desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti no Rio já não precisa mais disso", diz o deputado estadual Rogério Correia (PT); "O golpe foi despido como nunca antes naquele desfile alegre conquanto agressivo. Revelou-se ali o essencial: a escravidão dos negros como a pedra fundamental do Brasil desigual", acrescenta

"Pouco importa se a TV Globo vai boicotar ou não a transmissão neste sábado; o desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti no Rio já não precisa mais disso", diz o deputado estadual Rogério Correia (PT); "O golpe foi despido como nunca antes naquele desfile alegre conquanto agressivo. Revelou-se ali o essencial: a escravidão dos negros como a pedra fundamental do Brasil desigual", acrescenta
"Pouco importa se a TV Globo vai boicotar ou não a transmissão neste sábado; o desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti no Rio já não precisa mais disso", diz o deputado estadual Rogério Correia (PT); "O golpe foi despido como nunca antes naquele desfile alegre conquanto agressivo. Revelou-se ali o essencial: a escravidão dos negros como a pedra fundamental do Brasil desigual", acrescenta (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - "Pouco importa se a TV Globo vai boicotar ou não a transmissão neste sábado. O desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti no Rio já não precisa mais disso", diz o deputado estadual Rogério Correia (PT).

De acordo com o parlamentar, "os minutos de constrangimento dos apresentadores naquela madrugada de segunda-feira valeram por milhares de panfletos, minutos em vídeo ou discursos políticos contra o que vem sendo feito com o Brasil nos últimos tempos". "O golpe foi despido como nunca antes naquele desfile alegre conquanto agressivo. Revelou-se ali o essencial: a escravidão dos negros como a pedra fundamental do Brasil desigual", acrescenta.

O petista afirma que "a volta ao Sambódromo, no desfile das campeãs, será saudada por milhões de brasileiros". "Sim, milhões que diariamente são reprimidos sem direito a voz numa mídia corporativa que os ignora e sem direito ao básico num sistema que os dizima. São os milhões de brasileiros a quem querem impedir de votar no candidato de sua preferência. Os milhões a quem retiram direitos mesmo os mais corriqueiros, como uma carteira de trabalho ou uma aposentadoria quase sempre insuficiente", continua.

"Aqueles de sempre vão gritar contra o 'vampiro neoliberalista', os 'manifestoches', o 'tucano enjaulado' e toda a sorte de criativas fantasias da Tuiuti. Que a resposta seja à altura. Sábado a festa vai ser boa. Os vampiros que batam panela".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247