Correia sobre alta na gasolina: o golpe custa muito caro

"O golpe contra a democracia, aquele que tirou a presidenta eleita pelo povo e pôs no poder o pau mandado de Aécio, custa muito caro. E o preço quem paga é o povo brasileiro", afirmou o deputado estadual Rogério Correia (PT), após o novo aumento no preço da gasolina, de 0,59%, indo para 2,0369 reais por litro a partir desta quinta-feira (11)

Correia sobre alta na gasolina: o golpe custa muito caro
Correia sobre alta na gasolina: o golpe custa muito caro (Foto: Willian Dias)

Minas 247 - O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou o governo Michel Temer por causa do novo aumento no preço da gasolina, de 0,59%, indo para 2,0369 reais por litro a partir desta quinta-feira (11), o maior patamar desde 23 de maio.

"O golpe contra a democracia, aquele que tirou a presidenta eleita pelo povo e pôs no poder o pau mandado de Aécio, custa muito caro. E o preço quem paga é o povo brasileiro. O preço da gasolina subiu nesta quarta 11 de julho a oitava vez em apenas um mês. O preço do litro foi para R$ 2,0369 nas refinarias, o maior desde o dia 23 de maio", disse o parlamentar no Facebook. "Com o último ajuste, o preço da gasolina acumula alta de R$ 9,31% nas refinarias desde 22 de junho, quando foi feito o último reajuste para baixo no valor do combustível", complementou.

Os valores do combustível fóssil vêm avançando nas refinarias da estatal desde 22 de junho, coincidindo com a alta das referências internacionais do petróleo e a apreciação do dólar ante o real.

Ambos os fatores, mercado externo e câmbio, integram a sistemática de formação de preços de combustíveis da companhia, em vigor desde o ano passado e que prevê reajustes quase que diários, pois a política de reajuste da gasolina, sob o atual governo, segue a cotação do barril de petróleo no mercado internacional (em dólar).

*Com Reuters

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247