Correia: Temer vende Brasil por mixaria a estrangeiros

Pré-candidato a deputado federal, o deputado estadual Rogério Correia (PT) lançou na internet uma página com o objetivo de arrecadar doações para sua campanha ; “Contribua com quem está sempre na luta contra o golpe, contra o desgoverno Temer, contra as reformas que retiram direitos dos trabalhadores, contra a venda do Brasil por mixaria aos estrangeiros... E quem está sempre na luta a favor de Lula livre, a favor da soberania nacional, a favor do povo no poder”

Rog�rio Correia (deputado estadual PT/MG)
Rog�rio Correia (deputado estadual PT/MG) (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 – Pré-candidato a deputado federal, o deputado estadual Rogério Correia (PT) lançou na internet uma página com o objetivo de arrecadar doações para sua campanha eleitoral. Ao anunciar a criação da plataforma no Facebook, o parlamentar não poupou críticas ao governo Michel Temer, rejeitado pela quase totalidade dos brasileiros.

“Contribua com a pré-candidatura de Rogério Correia a deputado federal. Contribua com quem está sempre na luta contra o golpe, contra o desgoverno Temer, contra as reformas que retiram direitos dos trabalhadores, contra a venda do Brasil por mixaria aos estrangeiros... E quem está sempre na luta a favor de Lula livre, a favor da soberania nacional, a favor do povo no poder”, escreveu Correia.

O governo Michel Temer ascendeu ao poder por meio de um golpe parlamentar – tanto o Ministério Público do Distrito Federal quanto uma auditoria do Senado admitiram que Dilma Rousseff era inocente.

Atualmente, a atual gestão é aprovada por apenas 3% dos brasileiros, conforme pesquisa Datafolha divulgada no domingo (10) pelo jornal Folha de S. Paulo. Segundo o levantamento, 82% consideram o governo Temer ruim ou péssimo. Outros 14%, consideram regular a gestão dele.

O País fechou 2017 com mais cortes do que contratações, teve duas vezes este ano (2018) a nota de crédito rebaixada por duas agências de risco (Standard & Poor’s e Fitch), além de promover profundos cortes de direitos sociais.

Aind ano âmbito econômico, o entreguismo de Temer segue a todo vapor. No último dia 7, por exemplo, Shell, ExxonMobil, Chevron, BP Energy, Petrogal, Statoil (estatal norueguesa) foram as vencedoras da 4ª rodada de licitação do pré-sal.

Denúncias

Temer também foi o primeiro ocupante da presidência denunciado por corrupção – foram duas vezes no ano passado, sendo a primeira por corrupção passiva e a segunda por organização criminosa e obstrução judicial.

O emedebista corre sério risco de sofrer uma terceira denúncia, pois a Polícia Federal investiga suposto favorecimento a empresas do setor portuário, com a edição do Decreto dos Portos, em troca de propina.

Em outro inquérito, referente a Operação Cui Bono, que investiga irregularidades e desvios na Caixa Econômica Federal na época em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima era vice-presidente de Pessoa Jurídica da instituição, a PF fala em suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Temer.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247