CPI da Petrobras será aprovada "após o Carnaval"

Quem garante é Lúcio Vieira Lima, vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados; "Essa votação está na fila, até porque as denúncias são muitas"; além da fatídica compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, nova denúncia de irregularidade aguçou vontade dos oposicionistas de instalar a CPI; segundo denúncia do jornal O Estado de São Paulo, a holandesa SBM Offshore, que fornece navios-plataforma para a Petrobras, teria pago US$ 139,2 milhões a funcionários e intermediários para fechar negócio com a estatal

Quem garante é Lúcio Vieira Lima, vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados; "Essa votação está na fila, até porque as denúncias são muitas"; além da fatídica compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, nova denúncia de irregularidade aguçou vontade dos oposicionistas de instalar a CPI; segundo denúncia do jornal O Estado de São Paulo, a holandesa SBM Offshore, que fornece navios-plataforma para a Petrobras, teria pago US$ 139,2 milhões a funcionários e intermediários para fechar negócio com a estatal
Quem garante é Lúcio Vieira Lima, vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados; "Essa votação está na fila, até porque as denúncias são muitas"; além da fatídica compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, nova denúncia de irregularidade aguçou vontade dos oposicionistas de instalar a CPI; segundo denúncia do jornal O Estado de São Paulo, a holandesa SBM Offshore, que fornece navios-plataforma para a Petrobras, teria pago US$ 139,2 milhões a funcionários e intermediários para fechar negócio com a estatal (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O PMDB volta a articular na Câmara dos Deputados para conseguir instalar CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar possíveis irregularidades na Petrobras na gestão do petista José Sérgio Gabrielli, que deixou presidência da estatal no final de 2011 e atualmente é secretário do Planejamento da Bahia.

E há 'boas' notícias para os que torcem pela CPI. Segundo o vice-líder do PMDB na Casa, Lúcio Vieira Lima, "após o Carnaval, com certeza, será aprovada" a criação da comissão. "Essa votação está na fila, até porque as denúncias são muitas", diz o baiano.

Os peemedebistas contam com apoio dos partidos de oposição para instalação da CPI e o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, também da Bahia, comemorou adesão de oito legendas para aprovar requerimento de comissão que deve ir à Holanda. Tucano, no entanto, lamentou "obstrução do PT na votação de quarta-feira e de ontem.

Além da fatídica compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, que teria dado prejuízo de mais de R$ 1 bilhão à Petrobras, nova denúncia de irregularidade aguçou vontade dos oposicionistas de instalar a CPI. Segundo denúncia do jornal O Estado de São Paulo, a holandesa SBM Offshore, que fornece navios-plataforma para a Petrobras, teria pago US$ 139,2 milhões a funcionários e intermediários para fechar negócio com a estatal.

Acusação partiu de um ex-funcionário, que deu declarações ao Ministério Público da Holanda.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email