CPI do Futebol vai mirar também federações estaduais

A CPI tem recebido inúmeros documentos e denúncias que podem incriminar vários presidentes de federações, principalmente os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País; Já está na mesa do presidente da CPI, senador Romário Faria (PSB-RJ), uma lista de presidentes que devem ser convocados a Brasília. Antes, alguns deles compareceram à CPI na condição de convidados

A CPI tem recebido inúmeros documentos e denúncias que podem incriminar vários presidentes de federações, principalmente os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País; Já está na mesa do presidente da CPI, senador Romário Faria (PSB-RJ), uma lista de presidentes que devem ser convocados a Brasília. Antes, alguns deles compareceram à CPI na condição de convidados
A CPI tem recebido inúmeros documentos e denúncias que podem incriminar vários presidentes de federações, principalmente os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País; Já está na mesa do presidente da CPI, senador Romário Faria (PSB-RJ), uma lista de presidentes que devem ser convocados a Brasília. Antes, alguns deles compareceram à CPI na condição de convidados (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal do Brasil - O foco da CPI do Futebol no Senado era basicamente a CBF, envolvida em escândalos de corrupção desvendados pelo FBI. Mas agora as federações e seus dirigentes que dão suporte a negócios ilícitos na confederação também vão virar alvo das investigações no Congresso. Isso deve se intensificar antes mesmo do recesso parlamentar do fim de ano.

A CPI tem recebido inúmeros documentos e denúncias que podem incriminar vários presidentes de federações, principalmente os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País.

Já está na mesa do presidente da CPI, senador Romário Faria (PSB-RJ), uma lista de presidentes que devem ser convocados a Brasília. Antes, alguns deles compareceram à CPI na condição de convidados.

De acordo com uma fonte do Terra que teve acesso a alguns desses documentos, há casos em que se justificaria até mesmo a prisão desses dirigentes, durante depoimento na CPI.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email