Cruzeiro bate o Vitória e conquista boa vantagem

No Barradão, mesmo jogando fora de casa, foi o Cruzeiro quem tomou a iniciativa da partida e abriu o placar logo aos sete minutos; o duelo da volta será no próximo dia 20, uma quarta-feira, no Mineirão, às 21h45 (de Brasília); para se classificar, o Cruzeiro precisa de qualquer empate e pode perder por até 1 a 0; caso seja derrotado por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis

No Barradão, mesmo jogando fora de casa, foi o Cruzeiro quem tomou a iniciativa da partida e abriu o placar logo aos sete minutos; o duelo da volta será no próximo dia 20, uma quarta-feira, no Mineirão, às 21h45 (de Brasília); para se classificar, o Cruzeiro precisa de qualquer empate e pode perder por até 1 a 0; caso seja derrotado por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis
No Barradão, mesmo jogando fora de casa, foi o Cruzeiro quem tomou a iniciativa da partida e abriu o placar logo aos sete minutos; o duelo da volta será no próximo dia 20, uma quarta-feira, no Mineirão, às 21h45 (de Brasília); para se classificar, o Cruzeiro precisa de qualquer empate e pode perder por até 1 a 0; caso seja derrotado por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis (Foto: Roberta Namour)

Da CBF

Com dois jogos iniciados às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira (6), a terceira fase da Copa do Brasil foi inaugurada. Em Salvador (BA), o Cruzeiro bateu o Vitória por 2 a 1 e conquistou boa vantagem para o jogo da volta. Em Volta Redonda (RJ), o Fluminense ficou no empate em 1 a 1 com o Ypiranga-RS.

No Barradão, mesmo jogando fora de casa, foi o Cruzeiro quem tomou a iniciativa da partida e abriu o placar logo aos sete minutos. Willian recebeu de Robinho no meio, deu um lindo corte no marcador e colocou a bola no cantinho, fazendo um belo gol. O empate do Vitória veio logo em seguida, oito minutos mais tarde. O árbitro enxergou toque de Allano com a mão na área e marcou pênalti. Na cobrança, Diego Renan deslocou Fábio e deixou tudo igual. Na etapa final, o jogo continuou equilibrado, com chances para os dois lados, mas os mineiros levavam mais perigo nas subidas ao ataque. Aos 26, a estrela de Willian brilhou novamente, com o gol da vitória. Arrascaeta fez boa jogada pelo meio e deu ótimo passe para o atacante. Ele invadiu a área e tocou na saída do goleiro. Mesmo com um homem a menos em campo, já que Allano foi expulso no início do segundo tempo, a equipe celeste controlou bem a vantagem e garantiu o triunfo.

O duelo da volta será no próximo dia 20, uma quarta-feira, no Mineirão, às 21h45 (de Brasília). Para se classificar, o Cruzeiro precisa de qualquer empate e pode perder por até 1 a 0. Caso seja derrotado por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis. Em caso de derrota por um gol de diferença em placar superior ao de hoje, o Vitória avança.

No Raulino de Oliveira, o Ypiranga surpreendeu o Fluminense e saiu na frente. Aos 24 minutos, João Paulo saiu de dois marcadores, tabelou com Túlio Renan e, ao receber de volta, só teve o trabalho de empurrar para o gol. Até o fim da etapa inicial, os gaúchos pressionaram o Tricolor e quase ampliaram. Nos últimos 45 minutos, o time carioca voltou melhor. Logo aos três, Gum acertou a trave com uma cabeçada. A pressão continuou e, aos 11, deu resultado. Jonathan limpou a marcação e cruzou para área. Cícero escorou de cabeça e Magno Alves apareceu e entrou de carrinho para deixar tudo igual. Aos 29 minutos, o Flu teve a grande chance de conquistar a vitória. O árbitro enxergou toque com o braço de Mikael na área e marcou pênalti. Cícero foi para a bola na cobrança, mas o goleiro Carlão conseguiu fazer a defesa e o placar terminou mesmo com um para cada lado.

O jogo da volta entre Ypiranga e Fluminense será no próximo dia 27, uma quarta-feira, no Colosso da Lagoa. Como marcou fora de fara, a equipe de Erechim (RS) avança caso o placar termine em 0 a 0. Novo 1 a 1 leva a decisão para pênaltis e qualquer empate com mais gols classifica o Tricolor das Laranjeiras.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247