Cruzeiro vence o Santos fora de casa e título fica muito próximo

Com o resultado, o Cruzeiro pulou para os 70 pontos, enquanto que o vice-líder, o São Paulo, tem provisoriamente 63 - a equipe ainda joga contra o Palmeiras neste domingo. Na próxima rodada, o São Paulo 'folga' já que já enfrentou o Inter em duelo antecipado, enquanto isso, o Cruzeiro encara o Grêmio, na Arena.

Com o resultado, o Cruzeiro pulou para os 70 pontos, enquanto que o vice-líder, o São Paulo, tem provisoriamente 63 - a equipe ainda joga contra o Palmeiras neste domingo. Na próxima rodada, o São Paulo 'folga' já que já enfrentou o Inter em duelo antecipado, enquanto isso, o Cruzeiro encara o Grêmio, na Arena.
Com o resultado, o Cruzeiro pulou para os 70 pontos, enquanto que o vice-líder, o São Paulo, tem provisoriamente 63 - a equipe ainda joga contra o Palmeiras neste domingo. Na próxima rodada, o São Paulo 'folga' já que já enfrentou o Inter em duelo antecipado, enquanto isso, o Cruzeiro encara o Grêmio, na Arena. (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Por Wagner Leitzke, do  Futnet

Na mente, ainda deve repercutir a derrota para o tradicional rival, Atlético/MG, no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil. Dentro de campo, no Brasileirão, a razão só quer dar espaço para o coração. O torcedor do Cruzeiro já não consegue mais se controlar. Neste domingo, a equipe mineira venceu o Santos fora de casa, na Vila Belmiro, por 1 a 0 e o título do Campeonato Brasileiro está muito, mas muito próximo.

Com o resultado, o Cruzeiro pulou para os 70 pontos, enquanto que o vice-líder, o São Paulo, tem provisoriamente 63 - a equipe ainda joga contra o Palmeiras neste domingo. Na próxima rodada, o São Paulo 'folga' já que já enfrentou o Inter em duelo antecipado, enquanto isso, o Cruzeiro encara o Grêmio, na Arena.

Enquanto isso, o Santos estaciona nos 46, em uma modesta nona colocação e na próxima rodada enfrenta o Atlético/PR fora de casa.

O JOGO

A primeira chance clara foi do Cruzeiro. Aos quatro, Marcelo Moreno subiu mais que todo mundo mas mandou para fora. Logo depois, a resposta alvinegra. Aos seis, Cicinho cruzou e achou Rildo, que não completou para o gol.

A partida seguia equilibrada, quando o Santos conseguia arranjar boa jogada, a defesa do líder estava esperta para salvar. Quando o Cruzeiro, ao seu melhor estilo chegava ao ataque na velocidade de Marquinhos, ninguém aparecia para completar para as redes.

Se não chegava na base da penetração, o Cruzeiro começou a arriscar de fora da área. Aos 36, Ricardo Goulart não acertou o alvo. Ainda no primeiro tempo, ou melhor, ao encerrar do mesmo, confusão. O Cruzeiro tinha cobrança de escanteio, mas uma bola vinda da torcida do Santos foi arremessada no gramado. O árbitro mandou voltar mas não permitiu a cobrança do escanteio, encerrando o primeiro tempo para muita reclamação do elenco cruzeirense.

Na etapa final, no entanto, as reclamações deram lugar para a festa. Ricardo Goulart tabelou com Willian e apareceu para deslocar Aranha.

O Peixe precisou ir para cima, mas dando espaços, quem teve as melhores chances foi a Raposa. Aos 23, Willian deu chapéu e arriscou de longe, mas viu a bola passar perto da meta. Já no final da partida, Éverton Ribeiro deu grande passe para Willian, que ganhou de Willian, bateu firme e lamentou: a bola foi no travessão.

Aos 48, o árbitro encerrou a partida e o elenco do Cruzeiro não poupou comemorações. Festa merecida. O título está cada vez mais próximo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247