Curvello critica oposição: 'É hora de solidariedade'

O secretário de Comunicação do Estado, André Curvello, criticou "o oportunismo" da oposição diante da falta de água que assola Salvador desde o dia 1º, após rompimento da principal adutora da Embasa, na BR-324, causado por falha nas obras do metrô; ele pediu "responsabilidade àqueles que tentam se utilizar do sofrimento alheio para se promover politicamente"; "É um momento de solidariedade, não de oportunismo"; segundo ele, os trabalhadores da Embasa estão se empenhando, trabalhando 24 horas por dia; "É um desrespeito criticar a Embasa num momento tão grave como este"

O secretário de Comunicação do Estado, André Curvello, criticou "o oportunismo" da oposição diante da falta de água que assola Salvador desde o dia 1º, após rompimento da principal adutora da Embasa, na BR-324, causado por falha nas obras do metrô; ele pediu "responsabilidade àqueles que tentam se utilizar do sofrimento alheio para se promover politicamente"; "É um momento de solidariedade, não de oportunismo"; segundo ele, os trabalhadores da Embasa estão se empenhando, trabalhando 24 horas por dia; "É um desrespeito criticar a Embasa num momento tão grave como este"
O secretário de Comunicação do Estado, André Curvello, criticou "o oportunismo" da oposição diante da falta de água que assola Salvador desde o dia 1º, após rompimento da principal adutora da Embasa, na BR-324, causado por falha nas obras do metrô; ele pediu "responsabilidade àqueles que tentam se utilizar do sofrimento alheio para se promover politicamente"; "É um momento de solidariedade, não de oportunismo"; segundo ele, os trabalhadores da Embasa estão se empenhando, trabalhando 24 horas por dia; "É um desrespeito criticar a Embasa num momento tão grave como este" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O secretário de Comunicação do Estado, André Curvello, criticou nesta segunda-feira (6) "o oportunismo" da oposição diante da falta de água que assola Salvador desde o dia 1º, após rompimento da principal adutora da Embasa (que abastece 60% da cidade) na BR-324 causado por falha nas obras do metrô.

Curvello lamentou "o nível de desinformação" do líder da minoria na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis (DEM), que criticou a propaganda do metrô de Salvador.

"Sandro é um amigo querido, mas faço questão de apresentar-lhe a verdadeira revolução que está acontecendo na mobilidade urbana de Salvador. Além dos viadutos do Imbuí, das alças da Avenida Luis Eduardo Magalhães, do Curralinho, da Via Expressa Baía de Todos os Santos, o governo está viabilizando o metrô de uma vez por todas. No próximo dia 9, por exemplo, será inaugurada a Estação Bom Juá. Podem até torcer contra, mas a cada dia o metrô vai se consolidada como uma realidade para melhorar a vida da população", disse o secretário de Comunicação em nota ao site Bahia Notícias.

Segundo Curvello, as obras da Linha 2 já foram iniciadas e devem chegar ao Aeroporto em 2017.

Sobre o acidente que resultou no rompimento da adutora, o secretário pediu "responsabilidade àqueles que tentam se utilizar do sofrimento alheio para se promover politicamente". "É um momento de solidariedade, não de oportunismo".

De acordo com o secretário, os trabalhadores da Embasa estão se empenhando desde o início, trabalhando 24 horas por dia. "É um desrespeito criticar a Embasa num momento tão grave como este", diz Curvello.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247