Danny Glover chega à Bahia para atividades do MST

Conhecido por sua posição em defesa dos governos de esquerda, inclusive o de Dilma Rousseff, o ator norte-americano e ativista Danny Glover chega à Bahia para atividades políticas e culturais neste final de semana em Salvador; a iniciativa é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) junto com a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), e envolve visitas a blocos afros, encontros com ativistas do movimento negro e debates na sede do MST na capital

Conhecido por sua posição em defesa dos governos de esquerda, inclusive o de Dilma Rousseff, o ator norte-americano e ativista Danny Glover chega à Bahia para atividades políticas e culturais neste final de semana em Salvador; a iniciativa é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) junto com a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), e envolve visitas a blocos afros, encontros com ativistas do movimento negro e debates na sede do MST na capital
Conhecido por sua posição em defesa dos governos de esquerda, inclusive o de Dilma Rousseff, o ator norte-americano e ativista Danny Glover chega à Bahia para atividades políticas e culturais neste final de semana em Salvador; a iniciativa é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) junto com a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), e envolve visitas a blocos afros, encontros com ativistas do movimento negro e debates na sede do MST na capital (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Conhecido por sua posição em defesa dos governos de esquerda, inclusive o de Dilma Rousseff, o ator norte-americano e ativista Danny Glover chega à Bahia para atividades políticas e culturais neste final de semana em Salvador.

A iniciativa é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) junto com a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), e envolve visitas a blocos afros, encontros com ativistas do movimento negro e debates na sede do MST na capital.

"Vamos apresentar ao ator as iniciativas que deram certo na zona rural da Bahia e as ações estruturantes de assentamentos de reforma agrária, além de sustentabilidade para agricultores familiares", diz Evanildo Costa, da direção nacional do MST.

Para a coordenadora executiva de Políticas para as Comunidades Tradicionais (CPCT), da Sepromi, Fabya Reis, as atividades vão ampliar as discussões envolvendo o ativista norte-americano e as ações de reparação do governo da Bahia. "A ideia é apresentar Salvador, a cidade com maior número de negros fora da África, e as proposições que seguimos com o Estatuto da Igualdade Racial, em vigor no estado".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247