Datafolha: 55% acham que Doria não deve ser candidato a nada em 2018

Pesquisa Datafolha, divulgada neste sábado, mostra que a maioria dos moradores da capital paulista quer que o prefeito João Doria cumpra o mandato até o final; números trazem que 55% dos entrevistados querem Doria na prefeitura, 14% acham que ele deveria disputar a presidência e 13%, o governo do estado; levantamento fura a bolha em torno do prefeito, que vinha sendo cogitado para o ser o nome do PSDB na disputa presidencial; com a exposição na mídia, devido às ações de marketing, e os colegas de partido Aécio Neves e Geraldo Alckmin arranhados pelas delações da Operação Lava Jato, Doria tinha virado a bola da vez no PSDB; Datafolha também mostra que aprovação de Doria é de 43% e insatisfação aumentou de 13% para 20%

 Prefeito João Doria 
 Prefeito João Doria  (Foto: José Barbacena)

SP 247 - Pesquisa Datafolha, divulgada neste sábado, mostra que a maioria dos moradores da capital paulista quer que o prefeito João Doria (PSDB) cumpra o mandato até o final não seja candidato a nada em 2018. Os números trazem que 55% dos entrevistados querem Doria na prefeitura, 14% acham que Doria deveria disputar a presidência e 13%, o governo do estado.

A pesquisa fura a bolha em torno do prefeito, que vinha sendo cogitado para o ser o nome do PSDB na disputa presidencial. Com a exposição na mídia, devido às ações de marketing, e os colegas de partido Aécio Neves e Geraldo Alckmin arranhados pelas delações da Operação Lava Jato, Doria tinha virado a bola da vez no PSDB.

O levantamento do Datafolha foi realizado na quinta (6) e na sexta-feira (7). O Datafolha ouviu 1.067 pessoas com 16 anos ou mais na cidade de São Paulo. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A maior parte dos entrevistados (40%) acredita que o tucano permanecerá na prefeitura até final do mandato. Outros 30% acham que ele será o candidato à vaga de governador e 21% à presidência.

Aprovação

A pesquisa também avaliou a gestão de Doria. Segundo o levantamento, 43% dos moradores da cidade aprovam sua gestão, 20% reprovam e 33% a consideram regular  e 4% dos entrevistados não opinaram.

O tucano, porém, já experimenta o avanço da insatisfação com o passar dos dias. No início de fevereiro, 13% consideravam sua administração ruim ou péssima, parcela que saltou agora para 20%.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247