Datafolha contesta Globo: 210 mil na Paulista

O protesto contra o governo Dilma Rousseff levou 210 mil pessoas para a avenida Paulista, neste domingo (15), segundo o Datafolha; número se refere à quantidade de pessoas diferentes que, em algum momento do dia, foram à manifestação, e contesta os dados divulgados amplamente pela Globo, baseada na Polícia Militar de São Paulo, que estimou o público em 1 milhão de pessoas; no horário de pico deste domingo, às 16h, o Datafolha registrou 188 mil pessoas na Paulista

www.brasil247.com - São Paulo 15/03/2015 - PROTESTO - Mais de um milhão de pessoas protestam contra o atual governo da presidebta Dilma Rousseff na Av. Paulista. Foto: Robson Fernandjes/LIGASP/Fotos Públicas 
São Paulo 15/03/2015 - PROTESTO - Mais de um milhão de pessoas protestam contra o atual governo da presidebta Dilma Rousseff na Av. Paulista. Foto: Robson Fernandjes/LIGASP/Fotos Públicas  (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O protesto contra o governo Dilma Rousseff levou 210 mil pessoas para a avenida Paulista, neste domingo (15), segundo o Datafolha. O número se refere à quantidade de pessoas diferentes que, em algum momento do dia, foram à manifestação, e contesta os dados divulgados amplamente pela Globo, baseada na Polícia Militar de São Paulo, que divulgou público estimado em 1 milhão de pessoas.

No horário de pico deste domingo, às 16h, o Datafolha registrou 188 mil pessoas na Paulista. No auge das manifestações de junho de 2013, por exemplo, houve 110 mil manifestantes. Atos não políticos já registraram números maiores, contudo: a Marcha para Jesus levou 335 mil pessoas às ruas em 2012, enquanto a Parada Gay do mesmo ano atraiu 270 mil.

Segundo a PM, sua medição usa "recursos de mapas e georreferenciamento, baseadas nas imagens aéreas colhidas por um dos helicópteros Águias, determinando a extensão principal da manifestação, bem como, a ocupação das ruas adjacentes adotando como parâmetro de cálculo, naquele momento, de 5 pessoas por metro quadrado".

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email