Datafolha: faltou água para 35% dos paulistanos

Mais de um terço dos moradores da cidade de São Paulo admite ter enfrentado problemas com o fornecimento de água no mês passado, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado; 15% dos entrevistados responderam que o problema aconteceu com "muita frequência" e 13%, "um pouco de frequência"; Sabesp e o governo de São Paulo negam qualquer tipo de racionamento

Mais de um terço dos moradores da cidade de São Paulo admite ter enfrentado problemas com o fornecimento de água no mês passado, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado; 15% dos entrevistados responderam que o problema aconteceu com "muita frequência" e 13%, "um pouco de frequência"; Sabesp e o governo de São Paulo negam qualquer tipo de racionamento
Mais de um terço dos moradores da cidade de São Paulo admite ter enfrentado problemas com o fornecimento de água no mês passado, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado; 15% dos entrevistados responderam que o problema aconteceu com "muita frequência" e 13%, "um pouco de frequência"; Sabesp e o governo de São Paulo negam qualquer tipo de racionamento (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 – Mais de um terço da população da capital paulista afirma ter sofrido problemas com o fornecimento de água em abril. Segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado, 35% dos paulistanos responderam positivamente quando questionados se o abastecimento havia sido interrompido alguma vez nos últimos 30 dias.

Dos entrevistados, 15% responderam que o problema ocorreu com "muita frequência" e 13%, com um "pouco de frequência". A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais. Reportagem da Folha de S. Paulo traz declarações de paulistanos que sofrem corte de água principalmente no turno da noite e durante a madrugada. A Sabesp e o governo de São Paulo negam qualquer tipo de racionamento, mesmo que durante a madrugada.

Volume morto

Depois de 15 dias do início do bombeamento do chamado volume morto para o Sistema Cantareira - principal reservatório que abastece a região metropolitana - o manancial já perdeu 17,5 bilhões de litros de água, o equivalente a 9,6% dos 182,5 bilhões de litros que a Sabesp pretende retirar da reserva profunda. O número representa uma queda de 1,7% no nível do Cantareira em duas semanas.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247