Datafolha SP: disputa embolada no final

Pesquisa Datafolha para o governo de São Paulo divulgada no final da tarde deste sábado aponta uma disputa embolada para o segundo turno: João Doria tem 33% dos votos válidos,, Paulo Skaf está com 26% e o governador Márcio França tem 20%. Todos oscilaram um ponto percentual em relação à pesquisa anterior, Doria e França para cima e Skaffpara baixo. Paulo Marinho tem 8%.

Datafolha SP: disputa embolada no final
Datafolha SP: disputa embolada no final (Foto: World Economic Forum/Mattias Nutt | Flávio Florido/SEBRAE)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa Datafolha para o governo de São Paulo divulgada no final da tarde deste sábado aponta uma disputa embolada para o segundo turno: João Doria tem 33% dos votos válidos,, Paulo Skaf está com 26% e o governador Márcio França tem 20%. Todos oscilaram um ponto percentual em relação à pesquisa anterior, Doria e França para cima e Skaf para baixo. Paulo Marinho tem 8%.

 Votos válidos  

  • João Doria (PSDB): 33%
  • Paulo Skaf (MDB): 26%
  • Marcio França (PSB): 20%
  • Luiz Marinho (PT): 8%
  • Major Costa e Silva (DC): 4%
  • Professora Lisete (PSOL): 3%
  • Rodrigo Tavares (PRTB): 2%
  • Rogerio Chequer (Novo): 2%
  • Marcelo Candido (PDT): 1%
  • Toninho Ferreira (PSTU): 1%
  • Lilian Miranda (PCO): 1%
  • Prof. Claudio Fernando (PMN): 1%


Votos totais

 Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Datafolha considerando os votos totais. 

  • João Doria (PSDB): 27%
  • Paulo Skaf (MDB): 21%
  • Marcio França (PSB): 16%
  • Luiz Marinho (PT): 6%
  • Major Costa e Silva (DC): 4%
  • Professora Lisete (PSOL): 2%
  • Rodrigo Tavares (PRTB): 2%
  • Marcelo Candido (PDT): 1%
  • Prof. Claudio Fernando (PMN): 1%
  • Rogerio Chequer (Novo): 1%
  • Lilian Miranda (PCO): 0%
  • Toninho Ferreira (PSTU): 0%

 

Evolução dos votos totais

 Em relação ao levantamento anterior, divulgado na quarta-feira (4): 

  • João Doria (PSDB): foi de 26% para 27%
  • Paulo Skaf (MDB): foi de 22% para 21%
  • Márcio França (PSB): se manteve em 16%
  • Luiz Marinho (PT): se manteve em 6%
  • Major Costa e Silva (DC): foi de 2% para 4%
  • Professora Lisete (PSOL): foi de 3% para 2%
  • Rodrigo Tavares (PRTB): se manteve em 2%
  • Rogerio Chequer (Novo): se manteve em 1%
  • Marcelo Candido (PDT): se manteve em 1%
  • Toninho Ferreira (PSTU): foi de 1% para 0%
  • Lilian Miranda (PCO): foi de 1% para 0%
  • Prof. Claudio Fernando (PMN): se manteve em 1%


Rejeição

O Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices: 

  • João Doria (PSDB): 38%
  • Luiz Marinho (PT): 29%
  • Paulo Skaf (MDB): 27%
  • Toninho Ferreira (PSTU): 19%
  • Major Costa e Silva (DC): 19%
  • Márcio França (PSB): 17%
  • Marcelo Candido (PDT): 17%
  • Lilian Miranda (PCO): 17%
  • Professora Lisete (PSOL): 16%
  • Rodrigo Tavares (PRTB): 16%
  • Rogerio Chequer (Novo): 15%
  • Prof. Claudio Fernando (PMN): 13%
  • Não votaria em nenhum: 6%
  • Poderia votar em todos: 4%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 10% 


Segundo turno 

O Datafolha apresentou cenário para o segundo turno com os três primeiros colocados. Veja: 

  • Paulo Skaf 42% x 39% João Doria (branco/nulo: 16% x não sabe/não respondeu: 4%
  • João Doria 41% X 41% Márcio França (branco/nulo: 14% x não sabe/não respondeu: 4%)
  • Paulo Skaf 41% X 38% Márcio França (branco/nulo: 16% x não sabe/não respondeu: 5%)

 

Sobre a pesquisa 

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 4.506 eleitores em 68 municípios, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 5 e 6 de outubro
  • Registro no TSE: SP-04272/2018
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

 

 
 
 
 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247