DCM: Doria foi encurralado pelos extremistas do MBL

O episódio de Marisa Letícia revela que João Doria não é só um mau gestor, é também um péssimo político. Ele deu ouvidos ao MBL, que tem feito campanha contra a homenagem a ex-primeira-dama, militante da democracia do final dos anos de chumbo da ditadura militar, quando organizou passeata de mulheres para pedir a libertação dos maridos presos, entre eles Lula; confira reportagem do DCM

O episódio de Marisa Letícia revela que João Doria não é só um mau gestor, é também um péssimo político. Ele deu ouvidos ao MBL, que tem feito campanha contra a homenagem a ex-primeira-dama, militante da democracia do final dos anos de chumbo da ditadura militar, quando organizou passeata de mulheres para pedir a libertação dos maridos presos, entre eles Lula; confira reportagem do DCM
O episódio de Marisa Letícia revela que João Doria não é só um mau gestor, é também um péssimo político. Ele deu ouvidos ao MBL, que tem feito campanha contra a homenagem a ex-primeira-dama, militante da democracia do final dos anos de chumbo da ditadura militar, quando organizou passeata de mulheres para pedir a libertação dos maridos presos, entre eles Lula; confira reportagem do DCM (Foto: Leonardo Attuch)

Do DCM O episódio de Marisa Letícia revela que João Doria não é só um mau gestor, é também um péssimo político. Ele deu ouvidos ao MBL, que tem feito campanha contra a homenagem a ex-primeira-dama, militante da democracia do final dos anos de chumbo da ditadura militar, quando organizou passeata de mulheres para pedir a libertação dos maridos presos, entre eles Lula.

Num ato hostil, Doria cancelou a inauguração oficial do viaduto e declarou que, para ele, a homenagem é injusta. Mas o MBL, a tropa mercenária de Doria, quer mais, e agora cobra do prefeito a revogação do projeto legislativo que deu o nome de Marisa Letícia a uma via publica da cidade.

O projeto foi aprovado soberanamente pela Câmara, mas, para o MBL, não importa: Doria tem que vetar. Veja o que uma publicação do grupo mercenário escreveu sobre o caso:

“A situação está péssima para Doria. Do jeito que está, fica parecendo que, mesmo morta, Marisa Letícia conseguiu se vingar do prefeito, talvez por ter vencido Haddad.”

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247