DCM: Doria usa prestígio alheio no marketing de sua gestão

Jornalista Mauro Donato, do Diário do Centro do Mundo, criticou nesta segunda-feira, 24, o prefeito de São Paulo, João Doria, por usar indevidamente o nome de personalidades como apoiadoras de suas ações no marketing da prefeitura; exemplo mais recente envolveu a ex-jogadora de basquete e campeã mundial Magic Paula, que foi surpreendida ao ser anunciada por Doria como madrinha de programa para implantar 12 quadras de basquete na cidade; "Doria acredita ser o dono do mundo, pensa que tudo é dele e agora deu para achar que as pessoas também são obrigadas a doarem seus nomes em favor de sua gestão. Tem feito isso reiteradas vezes", afirmou Donato

Jornalista Mauro Donato, do Diário do Centro do Mundo, criticou nesta segunda-feira, 24, o prefeito de São Paulo, João Doria, por usar indevidamente o nome de personalidades como apoiadoras de suas ações no marketing da prefeitura; exemplo mais recente envolveu a ex-jogadora de basquete e campeã mundial Magic Paula, que foi surpreendida ao ser anunciada por Doria como madrinha de programa para implantar 12 quadras de basquete na cidade; "Doria acredita ser o dono do mundo, pensa que tudo é dele e agora deu para achar que as pessoas também são obrigadas a doarem seus nomes em favor de sua gestão. Tem feito isso reiteradas vezes", afirmou Donato
Jornalista Mauro Donato, do Diário do Centro do Mundo, criticou nesta segunda-feira, 24, o prefeito de São Paulo, João Doria, por usar indevidamente o nome de personalidades como apoiadoras de suas ações no marketing da prefeitura; exemplo mais recente envolveu a ex-jogadora de basquete e campeã mundial Magic Paula, que foi surpreendida ao ser anunciada por Doria como madrinha de programa para implantar 12 quadras de basquete na cidade; "Doria acredita ser o dono do mundo, pensa que tudo é dele e agora deu para achar que as pessoas também são obrigadas a doarem seus nomes em favor de sua gestão. Tem feito isso reiteradas vezes", afirmou Donato (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Mauro Donato, do Diário do Centro do Mundo, criticou nesta segunda-feira, 24, o prefeito de São Paulo, João Doria, por usar indevidamente o nome de personalidades como apoiadoras de suas ações no marketing da prefeitura. 

O exemplo mais recente envolveu a ex-jogadora de basquete e campeã mundial Paula Gonçalves da Silva, a Magic Paula, que foi surpreendida ao ser anunciada por Doria como madrinha de programa para implantar 12 quadras de basquete na cidade.

"Gostaria de esclarecer que não fui consultada previamente sobre o assunto e que em nenhum momento fiz parte da elaboração deste projeto. Minha colaboração em relação à cidade de São Paulo tem sido a minha participação no Conselho Gestor da Secretaria Municipal de Esportes. Entendo que minha participação no Conselho seja contribuir para os programas que desenvolvam a atividade física como promoção de saúde e qualidade de vida. A estas políticas públicas desejo sucesso mas reforço que sempre procurei participar previamente do planejamento das ações onde participei da execução ou da divulgação. Não seria diferente agora", disse Paula em sua página no Facebook. 

"Doria acredita ser o dono do mundo, pensa que tudo é dele e agora deu para achar que as pessoas também são obrigadas a doarem seus nomes em favor de sua gestão. Tem feito isso reiteradas vezes", afirmou o jornalista Mauro Donato, citando também episódios semelhantes envolvendo o médico Drauzio Varella e o muralista Kobra. 

"João Doria acredita que por ser prefeito lhe autoriza a se comportar como proprietário da cidade. Ele agora está na China, 'vendendo a cidade' como já fez outras cinco vezes desde que assumiu a prefeitura. É sua sexta viagem internacional e ao final dela totalizará 32 dias fora do Brasil desde sua posse", afirmou. 

Leia o texto na íntegra no Diário do Centro do Mundo

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247