De 88 boates fechadas, 30 já foram liberadas

Interdições em Porto Alegre fazem parte da força-tarefa da prefeitura, que fiscaliza o sistema de proteção a incêndios na capital desde a tragédia ocorrida na casa noturna Kiss, em Santa Maria, onde 241 pessoas morreram em janeiro; 74% das 145 casas vistoriadas não tinham sistema adequado de prevenção a incêndios; 30 estabelecimentos podem retomar as atividades até agora

De 88 boates fechadas, 30 já foram liberadas
De 88 boates fechadas, 30 já foram liberadas (Foto: )
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sul 21 - Mais dois estabelecimentos noturnos obtiveram, na sexta-feira (26), a documentação necessária para reabrir as portas em Porto Alegre. Com isso, o Wanda Bar e a Casa Vetro somam-se às, até o momento, 30 casas noturnas que, entre as 88 que foram interditadas pela força-tarefa da prefeitura que fiscaliza o sistema de proteção a incêndios na capital, conseguiram autorização para retomar as atividades.

De acordo com o secretário de Produção, Indústria e Comércio, Humberto Goulart, 74% do total de 145 casas noturnas vistoriadas não tinham sistema adequado de prevenção a incêndios. Além de 88 estabelecimentos interditados, outros 26 já estavam fechados quando da visita da inspeção.

Das 30 casas que retomaram o funcionamento, 23 apresentaram a documentação necessária para o alvará de casa noturna. São elas: Casa Vetro, Wanda Bar, Prime, Quintal do Marino, Paraphernália, Carmen's Club, Madam, Cabaret (Cabaret Voltaire), Stuttgart, Casa do Lado (Casacolada), Chipp's, Chalaça, Labareda's Wiskeria, Clube dos Namorados, Be Happy, Dhomba, Looper (Pedigree Acústico), Preto Zé, Gruta Azul, Nova York 72, Pepsi on Stage, Maison Blanc e Astro.

Outras duas (Espaço Cultural 512 e Boteco Tipo Exportação) assinaram termo de compromisso para atuação exclusiva dentro do alvará que já possuíam, para bar e restaurante. Thomas Pub, Venezianos Pub Café e Dublin apresentaram alvará para bar e restaurante, enquanto o Rambla segue aberto amparado em medida judicial e o Beco está parcialmente interditado para melhorias em uma das saídas de emergência.

Com informações da Rádio Guaíba e da Prefeitura de Porto Alegre

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247