De Assis Diniz: "disputas internas são importantes para fortalecer o PT"

Para o presidente estadual do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz, as disputas internas são importantes para fortalecer o partido e mobilizar a militância. Segundo De Assis tentar reduzir a disputa interna a questões menores, maniqueístas ou pessoais é um equívoco. " O que está em jogo é a defesa do nosso legado de 37 anos na vida política do Brasil, com um projeto popular que transforma realidades e defende a democracia, acima de tudo". Três candidatos estão na disputa pela presidência municipal do PT, em Fortaleza. A eleição está marcada para o dia 9 de abril  

Para o presidente estadual do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz, as disputas internas são importantes para fortalecer o partido e mobilizar a militância. Segundo De Assis tentar reduzir a disputa interna a questões menores, maniqueístas ou pessoais é um equívoco. " O que está em jogo é a defesa do nosso legado de 37 anos na vida política do Brasil, com um projeto popular que transforma realidades e defende a democracia, acima de tudo". Três candidatos estão na disputa pela presidência municipal do PT, em Fortaleza. A eleição está marcada para o dia 9 de abril
 
Para o presidente estadual do PT Ceará, Fco. de Assis Diniz, as disputas internas são importantes para fortalecer o partido e mobilizar a militância. Segundo De Assis tentar reduzir a disputa interna a questões menores, maniqueístas ou pessoais é um equívoco. " O que está em jogo é a defesa do nosso legado de 37 anos na vida política do Brasil, com um projeto popular que transforma realidades e defende a democracia, acima de tudo". Três candidatos estão na disputa pela presidência municipal do PT, em Fortaleza. A eleição está marcada para o dia 9 de abril   (Foto: Fatima 247)

Dois, dos três candidatos a presidência do PT de Fortaleza, estão fazendo hoje atividades de campanha. Nesta manhã, o vereador Acrísio Sena reúne seus apoiadores para o organizar as atividades e marcar a data do lançamento oficial de seu nome e das chapas que o apoiam. No início da noite, a partir das 18:30h, será a vez do ex-vereador Deodato Ramalho realizar o evento de lançamento da sua candidatura, na sede estadual do PT, na Av. da Universidade, 2189. O terceiro candidato, o também ex-vereador Vicente Pinto, ainda não divulgou sua programação. 

Para o presidente estadual do PT, Fco. de Assis Diniz, essas disputas internas são importantes para fortalecer o partido e mobilizar a militância para o debate organizativo. "A força do PT está na sua vida orgânica e no envolvimento da militância. É natural e salutar que haja disputas. O nosso projeto é construído coletivamente e avança na medida da qualidade do debate. Temos o privilégio de ter três grandes quadros do partido disputando a presidência do PT de Fortaleza. Isso significa que o debate será de alto nível e só terá a acrescentar ao nosso partido."

Segundo De Assis, tentar reduzir a disputa interna a questões menores, maniqueístas ou pessoais é um equívoco. "É coisa de quem não conhece o PT e não entende como é que o partido, com toda a perseguição que sofre, continua firme e forte, encantando corações e mentes. O que está em jogo é a defesa do nosso legado de 37 anos na vida política do Brasil, com um projeto popular que transforma realidades e defende a democracia, acima de tudo, inclusive a democracia interna que permite a livre manifestação de idéias. Nesse momento de exceção que o Brasil vive, é ainda mais importante que o PT mostre o respeito à pluralidade, sem perder de vista seus princípios ideológicos. Qualquer análise fora disso, é bobagem".

O PT deverá realizar eleições no dia 9 de abril, para renovação das direções municipais, em todo o Brasil. No PT, as eleições acontecem através de votação direta, no processo chamado PED (Processo de Eleição Direta), do qual podem participar todos os filiados. No PED são eleitos o presidente, os membros do diretório, do Conselho de Ética e do Conselho Fiscal.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247