De Assis: PT precisa de tranquilidade para tratar das eleições

Para o presidente do PT Ceará, Francisco de Assis Diniz, agora, em meio a grande crise política que envolve o governo federal e o partido, com o andamento do processo de impeachment no Senado, não é hora de discutir candidaturas e estratégias para as eleições de 2016. Para De Assis, até junho o quadro político estará mais claro e o partido teria um pouco mais de tranquilidade para debater o assunto. De Assis fez esse comentário após divulgação de reunião da ex-prefeita e pré candidata do PT, deputada Luizianne Lins, com o presidente nacional da sigla, Rui Falcão

Para o presidente do PT Ceará, Francisco de Assis Diniz, agora, em meio a grande crise política que envolve o governo federal e o partido, com o andamento do processo de impeachment no Senado, não é hora de discutir candidaturas e estratégias para as eleições de 2016. Para De Assis, até junho o quadro político estará mais claro e o partido teria um pouco mais de tranquilidade para debater o assunto. De Assis fez esse comentário após divulgação de reunião da ex-prefeita e pré candidata do PT, deputada Luizianne Lins, com o presidente nacional da sigla, Rui Falcão
Para o presidente do PT Ceará, Francisco de Assis Diniz, agora, em meio a grande crise política que envolve o governo federal e o partido, com o andamento do processo de impeachment no Senado, não é hora de discutir candidaturas e estratégias para as eleições de 2016. Para De Assis, até junho o quadro político estará mais claro e o partido teria um pouco mais de tranquilidade para debater o assunto. De Assis fez esse comentário após divulgação de reunião da ex-prefeita e pré candidata do PT, deputada Luizianne Lins, com o presidente nacional da sigla, Rui Falcão (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Para o presidente do PT Ceará, Francisco de Assis Diniz, agora, em meio a grande crise política que envolve o governo federal e o partido, não é hora de discutir candidaturas e estratégias para as eleições de 2016. "Conversas neste sentido são açodadas e não ajudam o partido a enfrentar a crise". De Assis fez esse comentário após divulgação de reunião da ex-prefeita e pré candidata do PT, deputada Luizianne Lins, com o presidente nacional da sigla, Rui Falcão, para pressionar o partido a tomar uma posição sobre a situação de Fortaleza.

Ainda segundo De Assis, este é o momento dos pré-candidatos colocarem os interesses do partido acima dos interesses pessoais. O PT deverá ter candidatura própria em cerca de 60 municípios, mas não temos notícias de nenhum que esteja atropelando os prazos do partido. Fortaleza, pela sua importância geopolítica, não deve ser exceção". Para De Assis, até junho o quadro político estará mais claro e o partido teria um pouco mais de tranquilidade para debater o assunto.

O Diretório do PT Fortaleza já deliberou pela candidatura própria e queria realizar o Encontro Municipal de Tática Eleitoral em abril. Por orientação da direção nacional do partido, os encontros foram adiados, sem indicação de nova data para a realização. O entendimento do Diretório Nacional do PT é que essa discussão deve esperar o desfecho da crise. De acordo com a legislação eleitoral, os partidos tem até julho para definir posição sobre as eleições de 2016.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247