De novo: Policiais civis param por 24 horas

A paralisação de 24 horas dos policiais civis de Alagoas vai suspender os serviços nas delegacias, nas distritais, nas centrais, nas especializadas e também nas delegacias regionais; objetivo é chamar a atenção do governo quanto à negociação salarial com a categoria

A paralisação de 24 horas dos policiais civis de Alagoas vai suspender os serviços nas delegacias, nas distritais, nas centrais, nas especializadas e também nas delegacias regionais; objetivo é chamar a atenção do governo quanto à negociação salarial com a categoria
A paralisação de 24 horas dos policiais civis de Alagoas vai suspender os serviços nas delegacias, nas distritais, nas centrais, nas especializadas e também nas delegacias regionais; objetivo é chamar a atenção do governo quanto à negociação salarial com a categoria (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Os policiais civis realizarão, nesta terça-feira (8), mais uma paralisação de 24 horas em Alagoas. Os serviços nas delegacias, nas distritais, nas centrais, nas especializadas, nas regionais e nos setores da Polícia Civil em todo o Estado serão paralisados, com o objetivo de chamar a atenção do governo quanto à negociação salarial com a categoria.

Os policiais também participarão de um ato público em frente à Central de Flagrantes. A mobilização é pelo reajuste do piso salarial de acordo com piso da segurança pública para nível superior em Alagoas.

Os policiais civis estão mobilizados, desde o ano passado, pela valorização profissional, reivindicando o cumprimento da pauta de negociação que contém 23 itens, a exemplo do reajuste do piso salarial, a revisão do Plano de Cargos, Carreira e Subsídios (PCCS), o pagamento de risco de vida e de insalubridade, a correção dos valores do adicional noturno e da verba de alimentação, o fim do desvio de função que é a custódia de preso. 

Reunião com o Governo

Após a realização da assembleia geral dos policiais civis, nesta segunda-feira (7), a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) se reuniu com o secretário de Planejamento e Gestão, Christian Teixeira para mais uma rodada de negociação.

O Sindpol informou que a o Governo do Estado não apresentou uma nova proposta de piso salarial. O secretário Christian Teixeira se comprometeu a marcar uma nova rodada de negociação com o Sindpol. 

Com gazetaweb.com e assessoria

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247