Defesa Civil mantém apelo para que moradores deixem áreas de risco

Diante da chuva forte que cai em Salvador desde a madrugada, o diretor-geral da Defesa Civil (Codesal), Álvaro da Silveira Filho, pede que as famílias deixem as áreas de risco; "Nesse momento de chuva, saia da sua residência aquela que reside em área de risco. Saia do seu imóvel. A prefeitura está dando abrigos, auxílio-aluguel. Aumentamos o efetivo para fiscalizar. Chegam denúncias de que as pessoas não saíram das áreas de risco", disse Álvaro Filho em entrevista à rádio Metrópole; divulgado às 7h30, o último balanço da Defesa Civil tem registro de 19 ocorrências

Diante da chuva forte que cai em Salvador desde a madrugada, o diretor-geral da Defesa Civil (Codesal), Álvaro da Silveira Filho, pede que as famílias deixem as áreas de risco; "Nesse momento de chuva, saia da sua residência aquela que reside em área de risco. Saia do seu imóvel. A prefeitura está dando abrigos, auxílio-aluguel. Aumentamos o efetivo para fiscalizar. Chegam denúncias de que as pessoas não saíram das áreas de risco", disse Álvaro Filho em entrevista à rádio Metrópole; divulgado às 7h30, o último balanço da Defesa Civil tem registro de 19 ocorrências
Diante da chuva forte que cai em Salvador desde a madrugada, o diretor-geral da Defesa Civil (Codesal), Álvaro da Silveira Filho, pede que as famílias deixem as áreas de risco; "Nesse momento de chuva, saia da sua residência aquela que reside em área de risco. Saia do seu imóvel. A prefeitura está dando abrigos, auxílio-aluguel. Aumentamos o efetivo para fiscalizar. Chegam denúncias de que as pessoas não saíram das áreas de risco", disse Álvaro Filho em entrevista à rádio Metrópole; divulgado às 7h30, o último balanço da Defesa Civil tem registro de 19 ocorrências (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Diante da chuva forte que cai em Salvador desde a madrugada, o diretor-geral da Defesa Civil (Codesal), Álvaro da Silveira Filho, pediu nesta sexta-feira (15) que as famílias deixem as áreas de risco.

"Nada de gravidade [hoje]. A Defesa Civil está de plantão, através do 199. Nesse momento de chuva, saia da sua residência aquela que reside em área de risco. Saia do seu imóvel. A prefeitura está dando abrigos, auxílio-aluguel. Aumentamos o efetivo para fiscalizar. Chegam denúncias de que as pessoas não saíram das áreas de risco", disse Álvaro Filho em entrevista à rádio Metrópole.

Segundo ele, a previsão é de que a chuva continue até domingo (17). "A madrugada foi de chuva até mais forte. A previsão era de que até o final da manhã desse uma trégua, mas até domingo ela deve continuar em Salvador".

Divulgado às 7h30, o último balanço da Defesa Civil tem registro de 19 ocorrências. Foram um dois alagamentos de imóveis, quatro ameças de desabamento e 12 ameaças de deslizamento. Não há registro de feridos. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

Por causa da chuva, a cidade tem trânsito complicado nesta manhã, com alagamentos em praticamente todas as principais ruas e avenidas, como nas avenidas ACM, Bonocô e Paralela. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247