Defesa Civil monitora quatro municípios afetados por enchentes

A Defesa Civil do Piauí monitora quatro cidades da região Sudoeste em consequência das fortes chuvas dos últimos 15 dias; em algumas localidades as enchentes causaram estragos, a exemplo de Bertolínia, onde o prefeito decretou estado de emergência, sendo o primeiro município a decretar estado de emergência por conta de chuvas nos últimos quatro anos; de acordo com o diretor da Defesa Civil do Piauí, Vitorino Tavares, além de Bertolínia, as cidades de Socorro do Piauí, Canto do Buriti e São João do Piauí receberão atenção especial por causa dos estragos causados pelas chuvas

A Defesa Civil do Piauí monitora quatro cidades da região Sudoeste em consequência das fortes chuvas dos últimos 15 dias; em algumas localidades as enchentes causaram estragos, a exemplo de Bertolínia, onde o prefeito decretou estado de emergência, sendo o primeiro município a decretar estado de emergência por conta de chuvas nos últimos quatro anos; de acordo com o diretor da Defesa Civil do Piauí, Vitorino Tavares, além de Bertolínia, as cidades de Socorro do Piauí, Canto do Buriti e São João do Piauí receberão atenção especial por causa dos estragos causados pelas chuvas
A Defesa Civil do Piauí monitora quatro cidades da região Sudoeste em consequência das fortes chuvas dos últimos 15 dias; em algumas localidades as enchentes causaram estragos, a exemplo de Bertolínia, onde o prefeito decretou estado de emergência, sendo o primeiro município a decretar estado de emergência por conta de chuvas nos últimos quatro anos; de acordo com o diretor da Defesa Civil do Piauí, Vitorino Tavares, além de Bertolínia, as cidades de Socorro do Piauí, Canto do Buriti e São João do Piauí receberão atenção especial por causa dos estragos causados pelas chuvas (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí 247 - A Defesa Civil do Piauí monitora quatro cidades da região Sudoeste em consequência das fortes chuvas dos últimos 15 dias. Em algumas localidades as enchentes causaram estragos, a exemplo de Bertolínia, onde o prefeito decretou estado de emergência, sendo o primeiro município a decretar estado de emergência por conta de chuvas nos últimos quatro anos.

De acordo com o diretor da Defesa Civil do Piauí, Vitorino Tavares, além de Bertolínia, as cidades de Socorro do Piauí, Canto do Buriti e São João do Piauí receberão atenção especial por causa dos estragos causados pelas chuvas. "O município de Bertolínia teve uma precipitação pluviométrica muito grande e o sistema de drenagem não foi capaz de escoar tudo, causando muitos problemas. Nos outros municípios, com as chuvas, houve muitos atropelos, mas nada que não se possa contornar", disse. A entrevista foi publicada no G1.

Em Socorro do Piauí, a Defesa Civil trabalha na recuperação de uma barragem para não haver risco de rompimento por conta das chuvas. Nas outras duas cidades, o órgão monitora a situação.

Apesar das chuvas, a seca ainda é a maior preocupação da Defesa Civil, segundo Tavares. No estado, 43 municípios decretaram situação de emergência por conta da estiagem este ano e, de acordo com as previsões meteorológicas, as chuvas serão menos intensas nos próximos meses.

"São situações totalmente adversas: a seca e a enchente. O que a gente observa, é que essas chuvas são uma situação atípica que estamos vivendo nos últimos dias. As chuvas foram insuficientes para repor os mananciais que abastecem as adutoras dos municípios e a meteorologia diz que as chuvas serão moderadas daqui pra frente", disse.

Em 2016, 134 municípios do Piauí decretaram emergência por conta da seca. A Defesa Civil estima que, até o final de 2017, o número de municípios atingidos pela estiagem deve chegar ao mesmo número.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247