DEM lança candidatura de Léo Prates à presidência da Câmara Municipal

Escolhido pelos correligionários para ser candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o vereador Léo Prates, do Democratas, deve ser o próximo comandante do Legislativo; isso porque ele deve ser candidato único entre os partidos que compõem a base do prefeito ACM Neto, e a bancada da oposição não terá votos suficientes para derrotar o democrata; Prates já demonstra confiança de que não haverá mais de um nome; "Não. De jeito nenhum. Cabe à maturidade das pessoas. Apresentamos um conjunto de ideias e agora vamos democraticamente. Nossa candidatura não é contra ninguém, é a favor de Salvador e a favor da Câmara Municipal. Estamos construindo um espaço", diz o democrata

Escolhido pelos correligionários para ser candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o vereador Léo Prates, do Democratas, deve ser o próximo comandante do Legislativo; isso porque ele deve ser candidato único entre os partidos que compõem a base do prefeito ACM Neto, e a bancada da oposição não terá votos suficientes para derrotar o democrata; Prates já demonstra confiança de que não haverá mais de um nome; "Não. De jeito nenhum. Cabe à maturidade das pessoas. Apresentamos um conjunto de ideias e agora vamos democraticamente. Nossa candidatura não é contra ninguém, é a favor de Salvador e a favor da Câmara Municipal. Estamos construindo um espaço", diz o democrata
Escolhido pelos correligionários para ser candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o vereador Léo Prates, do Democratas, deve ser o próximo comandante do Legislativo; isso porque ele deve ser candidato único entre os partidos que compõem a base do prefeito ACM Neto, e a bancada da oposição não terá votos suficientes para derrotar o democrata; Prates já demonstra confiança de que não haverá mais de um nome; "Não. De jeito nenhum. Cabe à maturidade das pessoas. Apresentamos um conjunto de ideias e agora vamos democraticamente. Nossa candidatura não é contra ninguém, é a favor de Salvador e a favor da Câmara Municipal. Estamos construindo um espaço", diz o democrata (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Escolhido pelos correligionários para ser candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o vereador Léo Prates, do Democratas (DEM), deve ser o próximo comandante do Legislativo. Isso porque ele deve ser candidato único entre os partidos que compõem a base do prefeito ACM Neto (DEM). A bancada da oposição (com expectativa de ficar com 10 vereadores na próxima legislatura) não terá votos suficientes para derrotar o democrata.

O diretório municipal do DEM reuniu os vereadores eleitos de Salvador nesta quinta-feira e anunciou a decisão. O vereador reeleito Orlando Palhinha retirou seu nome do páreo e anunciou apoio ao correligionário.

Prates já demonstra confiança de que não haverá mais de um nome na base governista. "Não. De jeito nenhum. Em 2012, no primeiro mandato do prefeito, teve uma disputa na base e a base saiu unida. Cabe à maturidade das pessoas. Apresentamos um conjunto de ideias e agora vamos democraticamente. Nossa candidatura não é contra ninguém, é a favor de Salvador e a favor da Câmara Municipal. Estamos construindo um espaço", disse o democrata ao Varela Notícias.

Com o resultado das eleições deste ano, o DEM terá a maior bancada na Câmara Municipal na legislatura que começa dia 1º de janeiro, com seis vereadores eleitos. Um deles é Alexandre Aleluia, para quem "Leo Prates construiu as melhores condições neste momento para o partido pleitear a presidência da Câmara". "Inclusive acho que há uma grande legitimidade no momento em que constituímos a maior bancada eleita do Legislativo Municipal", disse Aleluia.

Prates integra o grupo 'Câmara Democrática', que é composto ainda pelos parlamentares Joceval Rodrigues (PPS), Isnard Araújo (PHS), Tiago Correia (PSDB) e Geraldo Júnior (SD). Todos esses tinham manifestado vontade de entrar na disputa, mas decidiram se unir para lançar candidato único.

Nos bastidores, as articulações giram em torno de enfraquecer o atual presidente da Casa, vereador Paulo Câmara, do PSDB, que está no segundo mandato consecutivo no comando do Legislativo. Pelo regimento, o tucano ainda pode ser candidato novamente, pois estará se instalando uma nova legislatura.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247