DEM lidera cenário com dois candidatos na Bahia

Embora garanta que não a mínima possibilidade de se candidatar em 2014, o prefeito ACM Neto lidera todas as pesquisas de intenção de voto para suceder Jaques Wagner (PT) feitas até aqui; e para alegria do Democratas, o segundo colocado na preferência dos baianos é outro dos seus quadros, o ex-governador governador Paulo Souto; pesquisa do instituto Bahia Pesquisa e Estatística revela que se o candidato fosse ACM ou Souto, em seis cenários diferentes, o ex-governador ou o prefeito venceria a disputa com 24% a 30% dos votos

DEM lidera cenário com dois candidatos na Bahia
DEM lidera cenário com dois candidatos na Bahia
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

O prefeito ACM Neto (DEM) nega reiteradas vezes qualquer possibilidade de deixar a Prefeitura de Salvador para se candidatar a governador da Bahia em 2014. Embora seja este seu sonho, conforme ele próprio diz, o democrata avalia que não é hora e afirma que o compromisso para o qual foi eleito há menos de um ano é irrevogável.

Contudo, o prefeito lidera todas as pesquisas de intenção de voto para suceder Jaques Wagner feitas até aqui. E para alegria do Democratas, o segundo colocado na preferência dos baianos é outro dos seus quadros, o ex-governador governador Paulo Souto.

Pesquisa divulgada pelo instituto Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp) no final de semana revela que se o candidato fosse ACM Neto ou Paulo Souto, em seis cenários diferentes, o ex-governador ou o atual prefeito venceriam nas urnas com 24% a 30% dos votos, respectivamente.

O terceiro colocado também é da oposição ao governo Wagner. O vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, do PMDB, aparece em segundo nos cenários em que ACM Neto não é colocado, com 17% a 19%.

A senadora Lídice da Mata, do PSB, é a melhor possível candidata da base de Wagner, com intenções que variam entre 11% e 12%.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Marcelo Nilo (PDT), aparece na casa dos 6% e o chefe da Casa Civil e suposto preferido do governador, Rui Costa (PT), fica em torno de 3%.

Quando o vice governador Otto Alencar (PSD) e o senador Walter Pinheiro (PT) são incluídos no levantamento eles pontuam entre 4% e 5% e 4%, respectivamente. João Gualberto (PSDB) receberia 0,1%, segundo a pesquisa. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247