DEM quer barrar "decreto de Dilma contra médicos"

Presidente do DEM na Bahia, o deputado José Carlos Aleluia quer "dar um freio nas maldades da presidente Dilma Rousseff com os médicos"; o líder democrata ingressou com um 'decreto legislativo' para barrar a medida presidencial (Decreto 8.497/2015), que cria o Cadastro Nacional de Especialistas; "Essa é mais uma artimanha populista de Dilma totalmente descomprometida com a qualidade da assistência à saúde do povo brasileiro. O objetivo é formar pseudomédicos e agora pseudo-especialistas em escala industrial para seguir ludibriando a população"

Presidente do DEM na Bahia, o deputado José Carlos Aleluia quer "dar um freio nas maldades da presidente Dilma Rousseff com os médicos"; o líder democrata ingressou com um 'decreto legislativo' para barrar a medida presidencial (Decreto 8.497/2015), que cria o Cadastro Nacional de Especialistas; "Essa é mais uma artimanha populista de Dilma totalmente descomprometida com a qualidade da assistência à saúde do povo brasileiro. O objetivo é formar pseudomédicos e agora pseudo-especialistas em escala industrial para seguir ludibriando a população"
Presidente do DEM na Bahia, o deputado José Carlos Aleluia quer "dar um freio nas maldades da presidente Dilma Rousseff com os médicos"; o líder democrata ingressou com um 'decreto legislativo' para barrar a medida presidencial (Decreto 8.497/2015), que cria o Cadastro Nacional de Especialistas; "Essa é mais uma artimanha populista de Dilma totalmente descomprometida com a qualidade da assistência à saúde do povo brasileiro. O objetivo é formar pseudomédicos e agora pseudo-especialistas em escala industrial para seguir ludibriando a população" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Presidente do DEM na Bahia, o deputado federal José Carlos Aleluia quer "dar um freio nas maldades da presidente Dilma Rousseff com os médicos" brasileiros. O líder democrata ingressou com um 'decreto legislativo' para barrar a medida presidencial (Decreto 8.497/2015), que cria o Cadastro Nacional de Especialistas. "Essa é mais uma artimanha populista de Dilma totalmente descomprometida com a qualidade da assistência à saúde do povo brasileiro".

Segundo Aleluia, a medida da presidente Dilma pretende tirar da Associação Brasileira de Medicina (AMB) a prerrogativa de emitir os títulos de especialistas no País, permitindo que o Ministério da Saúde "continue avançando no seu projeto de banalização e mercantilização da formação" médica.

"Estou de acordo com a AMB, quando denuncia que o objetivo de Dilma é 'formar pseudomédicos e agora pseudo-especialistas em escala industrial para seguir ludibriando a população'", diz o deputado.

Para a Aleluia, "Dilma está querendo meter o bedelho num modelo de formação profissional bem-sucedido e praticado há mais de 50 anos" pela AMB. "Este sistema já formou mais de 150 mil especialistas, número acima do processo controlado pelo governo, que são as residências médicas".

O combate à medida une todo o Democratas (DEM). O líder do partido, deputado Mendonça Filho, é signatário da proposta na Câmara. Ronaldo Caiado propôs a mesma ação no Senado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email