Deputado apresenta projeto de lei que dispensa uso de farol baixo na cidade

O deputado estadual Heitor Férrer informou nesta quarta-feira (20) que apresentará um requerimento à Assembleia Legislativa solicitando que retire a obrigatoriedade do uso do farol baixo durante o dia nas rodovias estaduais. "Trata-se de uma política desrespeitosa que só quer arrecadar dinheiro", disse ele, defendendo que boas estradas e sinalização contribuem mais para evitar acidentes

O deputado estadual Heitor Férrer informou nesta quarta-feira (20) que apresentará um requerimento à Assembleia Legislativa solicitando que retire a obrigatoriedade do uso do farol baixo durante o dia nas rodovias estaduais. "Trata-se de uma política desrespeitosa que só quer arrecadar dinheiro", disse ele, defendendo que boas estradas e sinalização contribuem mais para evitar acidentes
O deputado estadual Heitor Férrer informou nesta quarta-feira (20) que apresentará um requerimento à Assembleia Legislativa solicitando que retire a obrigatoriedade do uso do farol baixo durante o dia nas rodovias estaduais. "Trata-se de uma política desrespeitosa que só quer arrecadar dinheiro", disse ele, defendendo que boas estradas e sinalização contribuem mais para evitar acidentes (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - O deputado Heitor Férrer (PSB) informou, em pronunciamento nesta quarta-feira (20) na Assembleia Legislativa, que apresentará um requerimento à Assembleia Legislativa, solicitando ao Conselho Estadual de Trânsito e ao Departamento Estadual de Trânsito que retire a obrigatoriedade do uso do farol baixo durante o dia nas rodovias estaduais.

Um projeto de lei, de autoria do parlamentar, solicitando a mesma medida está em tramitação na Casa, porém, Heitor Férrer afirmou que, caso o requerimento consiga o acordo que solicita junto aos órgãos de trânsito, retirará o projeto de sua tramitação.

“O projeto de lei que apresentei dispensa o uso de farol baixo aceso durante o dia para aqueles que trafegam nas rodovias estaduais dentro dos perímetros do município. Se convencermos o Conselho Estadual de Trânsito e o Detran, retiro meu projeto. A matéria está posta, mas vou requerer diretamente ao Detran que estabeleça as áreas de fiscalização”, declarou o deputado.

Para Heitor Férrer, existe uma hipocrisia dos dirigentes do País ao acreditarem que, taxando ainda mais os brasileiros conseguirão evitar acidentes, isso ocorre com a boa qualidade das estradas e a perfeita sinalização. “Trata-se de uma política desrespeitosa que só quer arrecadar dinheiro. Em São Paulo, em cinco dias, 4.500 paulistanos foram multados. O povo, que já está sofrendo com essa crise financeira, ainda está tendo mais dinheiro arrancado de seu bolso desnecessariamente”, afirmou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247