Deputado cobra governo sobre ‘farra da FAB’

Deputado baiano Jorge Solla (PT) apresentou nesta requerimento à Comissão de Fiscalização da Câmara solicitando explicações do governo federal sobre o descumprimento de decreto que proíbe o uso dos aviões da FAB por ministros de Estado para deslocamento ao local de domicílio; "É brincadeira com a nação que esse governo imponha normas que congelam o orçamento por 20 anos sob a justificativa de um falso ajuste fiscal, quando na verdade estão desobedecendo as verdadeiras medidas de corte de gastos adotadas pela presidente Dilma, brada Solla; em cinco meses foram registrados 238 deslocamentos ilegais de ministros com uso de voos da FAB para seus domicílios aos finais de semana

Solla
Solla (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O deputado federal baiano Jorge Solla (PT) apresentou nesta segunda-feira (7) um requerimento à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara solicitando explicações do governo federal sobre o descumprimento de decreto editado pela ex-presidente Dilma Rousseff que proibiu o uso dos aviões da FAB (Força Aérea Brasileira) por ministros de Estado para deslocamento ao local de domicílio.

Em cinco meses foram registrados 238 deslocamentos ilegais de ministros com uso de voos da FAB para seus domicílios aos fins de semana. "Como há norma em vigor que proíbe expressamente este tipo de prática, é preciso que o poder público seja imediatamente restituído de todos os danos financeiros de arcar com esse luxo indevido às autoridades em plena crise fiscal", afirma Solla.

No requerimento, o petista solicita dos ministros da Defesa, Raul Jungmann; da Casa Civil, Eliseu Padilha; e da Transparência, Torquato Lorena Jardim; a "cópia das todas as solicitações de disponibilidade das aeronaves da FAB por ministros de Estado e relatório de cada voo com itinerário e nome dos passageiros civis, com as respectivas justificativas para o uso, no período compreendido entre o dia 1º de janeiro 2016 até a presente data; custos operacionais envolvidos em cada deslocamento; e as providências adotadas na direção de restituição dos eventuais danos ao erário".

"É brincadeira com a nação que esse governo imponha normas que congelam o orçamento por 20 anos sob a justificativa de um falso ajuste fiscal, quando na verdade estão desobedecendo as verdadeiras medidas de corte de gastos adotadas pela presidente Dilma. Desde que assumiram, eles só criaram cargos, aumentaram salários e o déficit público, e agora tem até farra de jatinho da FAB, é um escárnio", rechaça o deputado baiano.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247