Deputado defende união pela longa vida de Alckmin no cargo

Osvaldo Verginio (PSD-SP) alertou tucanos contra a torcida "do quanto pior, melhor": "Vivemos hoje uma disputa em que as pessoas aguardam um tropeço do governo para outro poder entrar. A morte do cavalo é a alegria dos urubus"

Deputado defende união pela longa vida de Alckmin no cargo
Deputado defende união pela longa vida de Alckmin no cargo

247 – Se depender de uma ala do PSDB, Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tem garantida sua reeleição em 2014. O deputado estadual Osvaldo Verginio (PSD-SP) pediu ontem "união" para que o tucano fique "por muitos anos" no cargo.

Para ele, o governador "tem levado o que há de melhor" para o Estado" e que Deus lhe daria força para "ficar por muito e muito mais tempo".

"Este momento é de união, porque a torcida aí fora é a do quanto pior, melhor. Vivemos hoje uma disputa em que as pessoas aguardam um tropeço do governo para outro poder entrar. A morte do cavalo é a alegria dos urubus", afirmou o deputado.

O governador de SP viu recentemente sua autoridade ameaçada no diretóri estadual.

Alckmin, que apoiava a candidatura do deputado Duarte Nogueira, conseguiu o respaldo do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, para impedir a manobra de Pedro Tobias para permanecer na liderança. No cargo há dois anos, ele queria ampliar o número de votantes, hoje restrito a 105 delegados, para quase 5 mil militantes. Disse contar com o apoio dos secretários José Aníbal (Energia) e Bruno Covas (Meio Ambiente), que articularam contra o serrista Andrea Matarazzo na eleição do partido na capital.

De olho em 2014, Alckmin intensificou sua exposição no interior do Estado, seu principal reduto eleitoral. Passou por Barretos, Miguelópolis, Monte Azul e Bebedouro anunciando implantações do Poupatempo, convênios para saneamento e obras viárias.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247