Deputado elogia projeto do Governo para segurança de bancos

A proposta do Governo do Estado, que iniciou tramitação na Assembleia Legislativa, trata da obrigatoriedade da porta eletrônica em todas as salas com acesso ao público, fechadura com temporizador dos cofres, vidros resistentes a armas de fogo, entre outros itens de segurança; e veda o acesso a pessoas utilizando capacetes, chapéu, bonés, toucas ou lenços, óculos espelhados ou escuros, e uso de fone de ouvidos, que permitam comunicação. Para o deputado Dr. Santana (PT), as mudanças irão assegurar mais tranquilidade aos clientes e trabalhadores nas agências. "Os marginais se utilizam de muitos subterfúgios nas suas ações, e as medidas irão dificultar os assaltos", avaliou

A proposta do Governo do Estado, que iniciou tramitação na Assembleia Legislativa, trata da obrigatoriedade da porta eletrônica em todas as salas com acesso ao público, fechadura com temporizador dos cofres, vidros resistentes a armas de fogo, entre outros itens de segurança; e veda o acesso a pessoas utilizando capacetes, chapéu, bonés, toucas ou lenços, óculos espelhados ou escuros, e uso de fone de ouvidos, que permitam comunicação. Para o deputado Dr. Santana (PT), as mudanças irão assegurar mais tranquilidade aos clientes e trabalhadores nas agências. "Os marginais se utilizam de muitos subterfúgios nas suas ações, e as medidas irão dificultar os assaltos", avaliou
A proposta do Governo do Estado, que iniciou tramitação na Assembleia Legislativa, trata da obrigatoriedade da porta eletrônica em todas as salas com acesso ao público, fechadura com temporizador dos cofres, vidros resistentes a armas de fogo, entre outros itens de segurança; e veda o acesso a pessoas utilizando capacetes, chapéu, bonés, toucas ou lenços, óculos espelhados ou escuros, e uso de fone de ouvidos, que permitam comunicação. Para o deputado Dr. Santana (PT), as mudanças irão assegurar mais tranquilidade aos clientes e trabalhadores nas agências. "Os marginais se utilizam de muitos subterfúgios nas suas ações, e as medidas irão dificultar os assaltos", avaliou (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - O deputado Dr. Santana (PT) destacou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (23), mensagem 8.160, do Governo do Estado, acompanhando o projeto de lei 76/17, que trata sobre um novo regramento da segurança dos estabelecimentos bancários no Ceará. Segundo o parlamentar, a proposição, que iniciou tramitação na Casa, vai assegurar  mais tranquilidade aos clientes e trabalhadores nas agências.

Entre os pontos importantes do projeto de lei, Dr. Santana apontou a obrigatoriedade da porta eletrônica em todas as salas com acesso ao público, fechadura com temporizador dos cofres, vidros resistentes a armas de fogo, sistema de câmeras integradas para empresas que fazem a segurança para acompanhar as atividades, em conexão com a polícia militar.

O projeto, segundo o parlamentar, também coloca como obrigação a utilização de colete à prova de bala e veda acesso a pessoas utilizando capacetes, chapéu, bonés, toucas ou lenços, óculos espelhados ou escuros, e uso de fone de ouvidos, que permitam comunicação. “Os marginais se utilizam de muitos subterfúgios nas suas ações, e as medidas irão dificultar os assaltos”, assinalou.

Dr. Santana informou ainda que os bancos terão prazos de 180 dias para se adaptar às normas exigidas. “São medidas que vêm se somar às ações concretas de reforço de contingente policial, compra de viaturas e modernização das forças policiais”, disse.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247