Deputado propõe criação da Secretaria de Inteligência do Ceará

Projeto de indicação do deputado estadual Fernando Hugo (PP) propõe  a criação da Secretaria de Inteligência do Estado do Ceará. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (7), o parlamentar fez diversas críticas ao sistema atual de segurança pública cearense e explicou que seu projeto sugere outro tipo de visão estratégica. “Não é um sistema de inteligência para pegar o batedor de carteira, o traficante que anda de bicicleta, e sim para desbaratar as grandes organizações criminosas que ocupam o nosso Estado e têm ligações em todo o País”

Projeto de indicação do deputado estadual Fernando Hugo (PP) propõe  a criação da Secretaria de Inteligência do Estado do Ceará. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (7), o parlamentar fez diversas críticas ao sistema atual de segurança pública cearense e explicou que seu projeto sugere outro tipo de visão estratégica. “Não é um sistema de inteligência para pegar o batedor de carteira, o traficante que anda de bicicleta, e sim para desbaratar as grandes organizações criminosas que ocupam o nosso Estado e têm ligações em todo o País”
Projeto de indicação do deputado estadual Fernando Hugo (PP) propõe  a criação da Secretaria de Inteligência do Estado do Ceará. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (7), o parlamentar fez diversas críticas ao sistema atual de segurança pública cearense e explicou que seu projeto sugere outro tipo de visão estratégica. “Não é um sistema de inteligência para pegar o batedor de carteira, o traficante que anda de bicicleta, e sim para desbaratar as grandes organizações criminosas que ocupam o nosso Estado e têm ligações em todo o País” (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O deputado Fernando Hugo (PP) anunciou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (7), que propôs, via projeto de indicação, a criação da Secretaria de Inteligência do Estado do Ceará. A proposta, conforme observou, foi elaborada com a contribuição de diversos setores especializados em segurança pública e com visão estratégica em níveis municipal, estadual e nacional.

Além da secretaria, o projeto de indicação do parlamentar cria a Agência Estadual de Inteligência, o Conselho Estadual de Inteligência do Estado, e estabelece o Sistema Estadual Interagências de Inteligência.

Fernando Hugo fez diversas críticas ao sistema atual de segurança pública cearense, e frisou que seria “insano” fazer elogios por conta de alguns investimentos feitos no setor. Ele afirmou que o projeto, de autoria dele,  sugere outro tipo de visão estratégica. “Não é um sistema de inteligência para pegar o batedor de carteira, o traficante que anda de bicicleta, e sim para desbaratar as grandes organizações criminosas que ocupam o nosso Estado e têm ligações em todo o País”, disse.

Em aparte, o deputado Dr. Santana (PT) afirmou que a proposta de Fernando Hugo é oportuna, independente do momento político. “Precisamos de um projeto para realizar esse enfrentamento de forma bem instruída e equipada. O crime organizado está nas ruas de forma ostensiva, deixando toda a população aflita”, disse.

A deputada Fernanda Pessoa (PR) também ressaltou que as cobranças da população são unânimes, quando se fala em segurança pública. “Em qualquer município que formos hoje no Ceará, irão reclamar da falta de segurança. Estão todos assustados, o crime organizado chegou em praticamente todos os lugares”, alertou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247