Deputado tucano sugere medalha a Moro na Bahia

Líder das greves da Polícia Militar da Bahia em 2012 e 2014, o deputado estadual Soldado Prisco, do PSDB, propôs na Assembleia Legislativa condecorar o juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato, com a Comenda Dois de Julho (honraria mais alta da casa parlamentar); o tucano argumenta que "ele já foi indicado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil para concorrer à vaga deixada por Joaquim Barbosa no STF", que foi eleito o 'Brasileiro do ano de 2014' pela revista IstoÉ, e um dos cem mais influentes do Brasil em 2014 pela revista Época; "Ele é mais do que merecedor da homenagem"

Líder das greves da Polícia Militar da Bahia em 2012 e 2014, o deputado estadual Soldado Prisco, do PSDB, propôs na Assembleia Legislativa condecorar o juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato, com a Comenda Dois de Julho (honraria mais alta da casa parlamentar); o tucano argumenta que "ele já foi indicado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil para concorrer à vaga deixada por Joaquim Barbosa no STF", que foi eleito o 'Brasileiro do ano de 2014' pela revista IstoÉ, e um dos cem mais influentes do Brasil em 2014 pela revista Época; "Ele é mais do que merecedor da homenagem"
Líder das greves da Polícia Militar da Bahia em 2012 e 2014, o deputado estadual Soldado Prisco, do PSDB, propôs na Assembleia Legislativa condecorar o juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato, com a Comenda Dois de Julho (honraria mais alta da casa parlamentar); o tucano argumenta que "ele já foi indicado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil para concorrer à vaga deixada por Joaquim Barbosa no STF", que foi eleito o 'Brasileiro do ano de 2014' pela revista IstoÉ, e um dos cem mais influentes do Brasil em 2014 pela revista Época; "Ele é mais do que merecedor da homenagem" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Líder das greves da Polícia Militar da Bahia em 2012 e 2014, o deputado estadual Soldado Prisco, do PSDB, propôs ontem (1º) na Assembleia Legislativa (AL-BA) condecorar o juiz federal Sérgio Moro com a Comenda Dois de Julho (honraria mais alta da casa parlamentar e que faz alusão à data de independência do estado).

Moro é responsável pela condução dos processos em decorrência da Operação Lava Jato e o tucano argumenta que "ele já foi indicado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil para concorrer à vaga deixada por Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal", que foi eleito o 'Brasileiro do ano de 2014' pela revista IstoÉ, e um dos cem mais influentes do Brasil em 2014 pela revista Época.

"Na décima segunda edição do Prêmio Faz a Diferença do Jornal O Globo, foi eleito a 'Personalidade do Ano' de 2014 por seu trabalho frente a investigação Lava Jato", diz Marco Prisco, conforme publicação do site Bahia Notícias.

O tucano diz que Moro é "mais do que merecedor da homenagem". A proposta precisa ser aprovada pelo plenário da AL-BA e ainda não há uma data para a votação.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247