Deputados convocam secretário da fazenda para prestar esclarecimentos

O secretário de Estado da Fazenda foi convocado a prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre o atraso nos repasses dos recursos do Fundo de Apoio Habitacional aos Militares do Estado de Minas Gerais (Fahmemg/Promorar Militar); A solicitação, do deputado Cabo Júlio (PMDB), foi aprovada na reunião desta terça-feira

O secretário de Estado da Fazenda foi convocado a prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre o atraso nos repasses dos recursos do Fundo de Apoio Habitacional aos Militares do Estado de Minas Gerais (Fahmemg/Promorar Militar); A solicitação, do deputado Cabo Júlio (PMDB), foi aprovada na reunião desta terça-feira
O secretário de Estado da Fazenda foi convocado a prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre o atraso nos repasses dos recursos do Fundo de Apoio Habitacional aos Militares do Estado de Minas Gerais (Fahmemg/Promorar Militar); A solicitação, do deputado Cabo Júlio (PMDB), foi aprovada na reunião desta terça-feira (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

ALMG - A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou requerimento para que o secretário de Estado da Fazenda seja convocado a prestar esclarecimentos aos parlamentares sobre o atraso nos repasses dos recursos do Fundo de Apoio Habitacional aos Militares do Estado de Minas Gerais (Fahmemg/Promorar Militar). A solicitação, do deputado Cabo Júlio (PMDB), foi aprovada na reunião desta terça-feira (18/8/15).

De acordo com o deputado, 36 famílias correm o risco de serem despejadas caso o recurso, que é descontado no salário dos militares, não seja repassado a tempo. “Estamos tomando essa atitude extrema, porque tenho procurado solucionar este impasse há algum tempo e não tenho obtido resposta”, disse.

Na reunião, foram aprovados, ainda, dois pedidos de audiência pública, ambos de autoria do presidente da comissão, deputado Sargento Rodrigues (PDT). O primeiro solicita reunião na cidade de Nanuque (Vale do Mucuri), para apurar e requerer as providências cabíveis com relação às dificuldades que estariam sendo impostas pelos policiais civis lotados no município, em especial pelo delegado João Marcos de Almeida, aos policiais militares e cidadãos que buscam a Delegacia de Polícia Civil.

O segundo quer audiência para debater a criação de força-tarefa do Estado, com o objetivo de investigar e identificar os responsáveis pela morte de agentes de segurança pública nos últimos meses.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email