Desenvolvimento sustentável reúne governadores do NE em Fortaleza

Os nove governadores do estados nordestinos deverão participar hoje, em Fortaleza, do encontro "Nordeste 2030 - Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável"

Os nove governadores do estados nordestinos deverão participar hoje, em Fortaleza, do encontro "Nordeste 2030 - Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável"
Os nove governadores do estados nordestinos deverão participar hoje, em Fortaleza, do encontro "Nordeste 2030 - Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável" (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Os nove governadores do estados nordestinos deverão participar hoje do encontro "Nordeste 2030 - Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável", promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em Fortaleza (CE), no Centro Administrativo do Banco do Nordeste. Também estarão presentes ao encontro o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Costa Holanda , o vice-presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro e os ministros do TCU José Múcio Monteiro, Augusto Nardes, Benjamin Zymler e o ministro substituto Marcos Bemquerer, além de representantes do Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão, Consultoria Econômica e Planejamento (Ceplan) e Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

A primeira parte do evento tem o tema "Antecipando o Futuro a partir de uma Visão de Longo Prazo" quando serão abordados, entre outros assuntos, o estado inteligente, economia do conhecimento, importância do planejamento de longo prazo em prol de resultados e análise e acompanhamento de riscos.

A "Competitividade e Produtividade da Região Nordeste" será o próximo tópico, que abordará a infraestrutura, a educação e a inovação como vias para aumento de produtividade e competitividade. Também constarão desse item o aumento de produtividade, a exploração de recursos naturais e o desenvolvimento sustentável.

Em sequência, o terceiro painel versará sobre "Reconstruindo a Confiança no Setor Público para a Implantação de Políticas Públicas Prioritárias em prol do Desenvolvimento Sustentável". Desse tópico constam a importância do fortalecimento das instituições públicas, a regulação e a estabilidade dos contratos, além da construção de capacidades estatais para regulação e operação de projetos de infraestrutura.

Na segunda parte do evento, será debatido o tema "Financiamento do Desenvolvimento Regional, Sustentabilidade Fiscal e Visão Integrada dos entes federativos". Os sub-temas relacionados são a integração entre planejamento e ações, adoção do conceito de territorialidade nas políticas públicas, empreendedorismo, boas práticas para o desenvolvimento regional e o papel do financiamento para a redução das desigualdades regionais.

Por último, serão apresentados "Desafios e Possíveis Soluções para o Desenvolvimento Sustentável do Nordeste". Nesse tema será debatida a forma com que cada organização, seja pública ou privada, pode atuar na promoção do desenvolvimento sustentável da Região Nordeste.

Em 2015, o TCU aprovou a construção de relatório sistêmico sobre o tema "Desenvolvimento – Recorte Nordeste", o FiscNordeste. O trabalho tem o objetivo de produzir um relatório sistêmico, trazendo panorama dos principais desafios a serem superados em cada estado do Nordeste para o alcance do desenvolvimento sustentável da região.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247