Deslizamento em mineradora causa 3 mortes

Três operários morreram após terem sido soterrados em uma mineradora que fica em Itabirito, a 55 km de Belo Horizonte; de acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que cerca de dez veículos, entre carros pequenos, tratores e caminhões, foram atingidos por uma avalanche de lama e por rejeitos de mineração que estavam em uma barragem desativada que foi rompida

Três operários morreram após terem sido soterrados em uma mineradora que fica em Itabirito, a 55 km de Belo Horizonte; de acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que cerca de dez veículos, entre carros pequenos, tratores e caminhões, foram atingidos por uma avalanche de lama e por rejeitos de mineração que estavam em uma barragem desativada que foi rompida
Três operários morreram após terem sido soterrados em uma mineradora que fica em Itabirito, a 55 km de Belo Horizonte; de acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que cerca de dez veículos, entre carros pequenos, tratores e caminhões, foram atingidos por uma avalanche de lama e por rejeitos de mineração que estavam em uma barragem desativada que foi rompida (Foto: Leonardo Lucena)

Jornal do Brasil - Três operários morreram após terem sido soterrados em uma mineradora que fica em Itabirito, a 55 km de Belo Horizonte. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que cerca de dez veículos, entre carros pequenos, tratores e caminhões, foram atingidos por uma avalanche de lama e por rejeitos de mineração que estavam em uma barragem desativada que foi rompida.

O acidente aconteceu no início da manhã desta quarta-feira. Cinco operários chegaram a ser socorridos pelos Bombeiros com ferimentos, após duas horas de trabalho, e sobreviveram. O soterramento aconteceu quando era feito um serviços de manutenção na barragem.

A corporação enviou viaturas de Belo Horizonte e outras cidades da região, além de um helicóptero, para auxiliar no resgate e nas buscas. Eles interditaram ainda uma barragem próxima por risco de rompimento. Segundo os bombeiros, elas pertencem à Mineradora Herculano, com quem a reportagem não conseguiu contato até às 12h.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247