Desmantelado esquema de fraudes de R$ 3 mi em Minas

A Polícia Civil informou que desmantelou um esquema de golpes contra fornecedores de equipamentos de segurança, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte; segundo o delegado Wagner Sales da 6ª Delegacia de Fraudes, os donos da distribuidora Autenthica causaram um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões a empresas de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul; duas pessoas foram presas suspeitas de participar da organização do crime

A Polícia Civil informou que desmantelou um esquema de golpes contra fornecedores de equipamentos de segurança, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte; segundo o delegado Wagner Sales da 6ª Delegacia de Fraudes, os donos da distribuidora Autenthica causaram um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões a empresas de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul; duas pessoas foram presas suspeitas de participar da organização do crime
A Polícia Civil informou que desmantelou um esquema de golpes contra fornecedores de equipamentos de segurança, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte; segundo o delegado Wagner Sales da 6ª Delegacia de Fraudes, os donos da distribuidora Autenthica causaram um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões a empresas de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul; duas pessoas foram presas suspeitas de participar da organização do crime (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - A Polícia Civil informou, nesta segunda-feira (13), que desmantelou um esquema de golpes contra fornecedores de equipamentos de segurança, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o delegado Wagner Sales da 6ª Delegacia de Fraudes, os donos da distribuidora Autenthica causaram um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões a empresas de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul. Na operação de quinta-feira (9), duas pessoas foram presas suspeitas de participar da organização do crime.

Sales afirmou que entrou em contato com os supostos donos da empresa, Ernesto Augusto Queiroz e Fabrício Cortês Menezes. Mas eles ainda não se apresentaram para prestar esclarecimentos. Os quatro podem responder pelos crimes de fraude e formação de quadrilha.

De acordo com as investigações, a distribuidora revendia os produtos com preço abaixo de mercado, mas não repassava o valor que devia aos fornecedores. O esquema é conhecido como Laranja Mecânica, informou o delegado. 

Sales disse que a Autenthica, localizada no Bairro Praia, em Contagem, trabalhou por cerca de dois anos de forma correta com os fornecedores. "Isso é comum, porque eles ganham a confiança deles e depois começam a aplicar os golpes", afirmou. As informações são do G1.

O empresário Claúdio Rocha disse que se sentiu traído pelos donos da empresa. "Eles fizeram um pedido de compras maiores de todos os fabricantes. O que gerou entre nós uma desconfiança. Entretanto, pela idoneidade passada por eles, as mercadorias foram entregues (a Authentica)", acrescentou. Até o momento, foram identificadas 17 vítimas do esquema.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247