Deutsche Telekom está otimista que compra da Sprint por T-Mobile terá aprovação antitruste

Essa foi a terceira tentativa de um acordo depois que o presidente-executivo do Softbank, Masayoshi Son, divulgou a ideia de uma fusão, mas acabou sendo desencorajado pela administração Obama. Negociações sobre um acordo desmoronaram sobre a questão do controle em novembro passado.

Deutsche Telekom está otimista que compra da Sprint por T-Mobile terá aprovação antitruste
Deutsche Telekom está otimista que compra da Sprint por T-Mobile terá aprovação antitruste
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O presidente-executivo da Deutsche Telekom, Tim Hoettges, expressou confiança nesta segunda-feira de que a aquisição 26 de bilhões de dólares da Sprint por sua unidade norte-americana T-Mobile vai receber aprovação das autoridades antitruste.

Hoettges, falando depois que o acordo foi anunciado no domingo, ressaltou que a transação permitirá que a Telekom vote em nome do principal dono da Sprint, o japonês Softbank, garantindo assim o controle da terceira maior operadora de rede sem fio dos Estados Unidos.

Essa foi a terceira tentativa de um acordo depois que o presidente-executivo do Softbank, Masayoshi Son, divulgou a ideia de uma fusão, mas acabou sendo desencorajado pela administração Obama. Negociações sobre um acordo desmoronaram sobre a questão do controle em novembro passado.

“Estou trabalhando nesse acordo há sete anos”, disse Hoettges a analistas. “Nós nunca estivemos tão otimistas como estamos hoje.”

Na operação realizada toda em ações, que criará uma companhia com 127 milhões de clientes que concorrerá com as líderes de mercado Verizon Communications e AT&T, a Deutsche Telekom terá uma participação de 42 por cento e a Softbank 27 por cento.

Mas a companhia alemã, como parte o acordo, poderá votar em nome do Softbank, garantindo um controle efetivo sobre 69 por cento da T-Mobile após a fusão- e permitindo que os resultados sejam consolidados.

O relativo baixo desempenho das ações da Sprint desde o colapso das negociações no ano passado mudou a equação a favor da Deutsche Telekom, possibilitando a criação de uma estrutura administrativa mais clara.

“Isso nos dá a capacidade plena de conduzir a empresa de maneira clara e focada”, disse Hoettges, descrevendo o acordo como um voto de confiança por parte de Masayoshi Son.

Por Edward Taylor e Douglas Busvine

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247