Dilma anuncia R$ 466 milhões para BRT de Palmas

Serão R$ 22,6 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 238,5 milhões de financiamento público com juros subsidiados; a presidenta destacou a importância dos programas de mobilidade; “Os programas de mobilidade urbana têm o sentido de desenvolver a cidade e também o País”; para o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), anuncio é reconhecimento do governo aos projetos da prefeitura; o BRT terá 27,19 Km de extensão, com 28 estações de passagens, ligando o setor Santo Amaro, na região Norte, aos bairros de Taquaralto e Taquari, na região Sul

Serão R$ 22,6 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 238,5 milhões de financiamento público com juros subsidiados; a presidenta destacou a importância dos programas de mobilidade; “Os programas de mobilidade urbana têm o sentido de desenvolver a cidade e também o País”; para o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), anuncio é reconhecimento do governo aos projetos da prefeitura; o BRT terá 27,19 Km de extensão, com 28 estações de passagens, ligando o setor Santo Amaro, na região Norte, aos bairros de Taquaralto e Taquari, na região Sul
Serão R$ 22,6 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 238,5 milhões de financiamento público com juros subsidiados; a presidenta destacou a importância dos programas de mobilidade; “Os programas de mobilidade urbana têm o sentido de desenvolver a cidade e também o País”; para o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), anuncio é reconhecimento do governo aos projetos da prefeitura; o BRT terá 27,19 Km de extensão, com 28 estações de passagens, ligando o setor Santo Amaro, na região Norte, aos bairros de Taquaralto e Taquari, na região Sul (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira, 13, investimentos da ordem de R$ 466,1 milhões para implantação do sistema Bus Rapid Transit (BRT), corredores e terminais de ônibus e sistema de informação em Palmas. O anúncio foi feito durante audiência de investimentos do PAC 2 Mobilidade Urbana, em Brasília, que contou com a presença do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do prefeito Carlos Amastha (PP), secretários municipais e prefeitos de outras cidades do País. 

Segundo informação da prefeitura da Capital, são R$ 22,6 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 238,5 milhões de financiamento público com juros subsidiados.

Na ocasião a presidenta destacou a importância dos programas de mobilidade. “Os programas de mobilidade urbana têm o sentido de desenvolver a cidade e também o País”, garantiu Dilma.

Para o prefeito Carlos Amastha, a Capital tocantinense será destaque nacionalmente em desenvolvimento. “Começamos a trabalhar no projeto BRT Palmas ainda em outubro de 2012 quando nos reunimos por diversas vezes com o ministro das Cidades. Nossa dedicação e trabalho em fazer uma gestão para os cidadãos palmenses e liberação dos recursos para implantação deste projeto reforça que estamos no caminho certo. Sem dúvida, vamos fazer muito mais”, comemorou Amastha. 

O presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup), Luiz Masaru, disse que o planejamento feito para o BRT considera o crescimento da população no longo prazo. “Este projeto é para os próximos 30 anos e para atender uma população de 2,5 milhões de habitantes. Pensamos na cidade como um todo, associando o desenvolvimento urbano à qualidade de vida da população”, afirmou. 

Conforme a Prefeitura de Palmas, o sistema Bus Rapid Transit (BRT) prevê a instalação de uma via rápida de transporte dinâmico de passageiros no canteiro central da Avenida Theotônio Segurado, ligando de um lado o Setor Santo Amaro, na região Norte, e de outro uma bifurcação que divide os caminhos a Taquaralto e Taquari, na região Sul. 

 A extensão do corredor será de 27,19 Km de extensão, com 28 estações de passagens, sete estações de integração sendo duas estações de integração multimodais (trincheiras) e mais cinco futuras. O projeto conta com dois terminais, classificado pela prefeitura como Urbano, em Taquaralto, e Metropolitano, na Avenida LO-27, além de 16,92 km de ciclovia com largura de 3m. Serão 85.720 m² de calçadas acessíveis e com sete pontes, viadutos, elevados, sendo quatro exclusivos para o BRT.

Ao longo do percurso estão previstas as instalações de estações de integração multimodal que se conectarão às demais linhas. A estrutura de embarque e desembarque possibilitará aos usuários do transporte coletivo urbano o acesso a bens e serviços tais como emissão de documentos, plantões de vacinação, farmácias básicas, atendimento ao usuário, entre outros.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Palmas, através do Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup), em conjunto com a Secretaria de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte (Samot).  

Ciclovia e rotatórias. Todo planejamento vem cercado por uma proposta de corredor verde. A instalação de árvores no entorno da via expressa tem o propósito de diminuir a incidência de raios solares direto nos ônibus proporcionando um clima mais ameno nos coletivos. 

O sistema atende ainda ciclovias. Parte da estrutura já está pronta, a exemplo o trecho que liga a Avenida Theotônio Segurado ao Jardim Aureny III. Está prevista a implantação de espaços para tráfego de bicicletas, ainda na região norte, até o Hospital Geral de Palmas. Outra ciclovia deverá ligar a Rodoviária ao Fórum.  Caminhos que irão facilitar o acesso dos moradores ao BRT.

O projeto paralelo de estruturação urbana de Palmas atende ainda a correção geométrica do diâmetro externo das rotatórias de modo a acelerar o fluxo de veículos utilizando a terceira faixa. O interior das rótulas será rebaixado para melhor aproveitamento do espaço dentro de uma concepção que alia sustentabilidade e drenagem para melhor aproveitamento do volume de águas pluviais. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email