Dilma lamenta morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho

Presidente registrou, em nota, que ele foi um homem público com "elevado compromisso com seu país e com seu povo", manifestou condolências à família e amigos do ex-ministro; o ex-ministro e ex-senador baiano morreu nesta manhã em São Paulo, onde estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro; a causa da morte não foi divulgada

Presidente registrou, em nota, que ele foi um homem público com "elevado compromisso com seu país e com seu povo", manifestou condolências à família e amigos do ex-ministro; o ex-ministro e ex-senador baiano morreu nesta manhã em São Paulo, onde estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro; a causa da morte não foi divulgada
Presidente registrou, em nota, que ele foi um homem público com "elevado compromisso com seu país e com seu povo", manifestou condolências à família e amigos do ex-ministro; o ex-ministro e ex-senador baiano morreu nesta manhã em São Paulo, onde estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro; a causa da morte não foi divulgada (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff manifestou, em nota, pesar pela morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho e registrou que ele foi um homem público com "elevado compromisso com seu país e com seu povo". Dilma manifestou condolências à família e amigos do ex-ministro.

O ex-ministro e ex-senador baiano morreu na manhã de hoje (7), em São Paulo. Tourinho estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro. A causa da morte não foi divulgada.

Tourinho foi ministro de Minas e Energia no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso entre 1999 e 2001. Filiado ao Democratas, foi também senador pela Bahia. Ele assumiu a vaga no Senado em 2003 com a saída de Paulo Souto, que tomou posse como governador da Bahia, e permaneceu no cargo até 2007. Tourinho foi ainda secretário de Fazenda da Bahia de 1991 a 1998.

O velório será realizado no Palácio da Aclamação, em Salvador (BA), a partir do início da manhã de sexta-feira (8), de acordo com boletim divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247