Dilma lança plano que suspende execução de dívidas de produtores

O Plano Safra do Semiárido, além de suspender as execuções das dívidas dos produtores da região Nordeste até o fim do ano que vem, também concederá desconto de até 85% para a liquidação de operações de crédito contratadas até 2006 com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) ou do Tesouro Nacional

Dilma lança plano que suspende execução de dívidas de produtores
Dilma lança plano que suspende execução de dívidas de produtores

Bahia 247, com Agência Brasil - A presidente Dilma Rousseff lança o Plano Safra do Semiárido no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, às 11h desta quinta-feira (4) na companhia do governador Jaques Wagner. Lançamento estava previsto para o dia 21 de junho, mas foi cancelado a pedido do chefe do Executivo baiano devido à agenda de outros governadores da região Nordeste. O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), participa do ato.

A principal medida do Plano Safra do Semiárido será a suspensão das execuções das dívidas dos produtores da região até o fim do ano que vem. Também será concedido desconto de até 85% para a liquidação de operações de crédito contratadas até 2006 com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) ou do Tesouro Nacional.

O plano também terá medidas de estímulo à construção de silos para armazenagem de alimentos para que os pecuaristas possam alimentar seus rebanhos na época da seca. Atualmente, a escassez de milho, principal alimento dos animais, leva o governo a buscar o grão em outros estados e até a importar de países vizinhos, com um alto custo de deslocamento.

O programa é um braço do Plano Safra da Agricultura Familiar e complementa as ações que os governos federal e estadual tem implementado para garantir a segurança hídrica da região.

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247