Dilma transfere domicílio eleitoral para Minas para varrer Aécio do Senado

Deposta pelo golpe de 2016, a presidente Dilma Rousseff transferiu seu domicílio eleitoral para Minas Gerais, onde disputará uma vaga ao Senado; com isso, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que liderou o golpe de 2016, capítulo mais vergonhoso da história nacional, poderá ser varrido do Senado

Dilma transfere domicílio eleitoral para Minas para varrer Aécio do Senado
Dilma transfere domicílio eleitoral para Minas para varrer Aécio do Senado

Minas 247 - Deposta pelo golpe de 2016, a presidente Dilma Rousseff transferiu seu domicílio eleitoral para Minas Gerais, onde disputará uma vaga ao Senado. Com isso, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que liderou o golpe de 2016, capítulo mais vergonhoso da história nacional, poderá ser varrido do Senado.

O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), registrou o feito em sua conta no Instagram com a seguinte mensagem: "Apesar da injustiça histórica que tem se desenhado contra o presidente Lula, nós não abaixamos a cabeça! Escolhemos continuar lutando democraticamente por aquilo que sempre acreditamos: Um país mais justo e solidário para todos".

"É por isso que acompanhei hoje a presidenta Dilma Rousseff na transferência do seu título de eleitor de volta à sua terra natal para nos ajudar a continuar construindo uma Minas Gerais e um Brasil melhor #LulaLivre", completou.

Dilma diz que "estamos passando por um momento muito delicado" e afirma acredita que "o Brasil precisa de paz, e essa paz só as eleições e o voto secreto e direto podem garantir ao povo". "Eu quero participar das eleições para apoiar o presidente Lula, porque eu acredito que ele tem o poder de pacificar o país", declarou Dilma. Ela disse ainda ter "muito orgulho" de participar do processo seletivo - de qualquer forma - em Minas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247