Dirceu: Crítica de Ciro a Haddad é “um direito dele”

Em Fortaleza para lançar o seu livro de memórias, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu afirma que as críticas do presidenciável Ciro Gomes (PDT) a Fernando Haddad (PT) parecem não convencer o eleitorado, mas as considera "um direito dele"; Dirceu também diz que Dilma Rousseff foi “derrubada pelos seus acertos" e chama o ministro do STF Luiz Fux de “charlatão togado”; veja vídeo

Dirceu: Crítica de Ciro a Haddad é “um direito dele”
Dirceu: Crítica de Ciro a Haddad é “um direito dele”

Ceará 247 – Em Fortaleza para lançar o seu livro de memórias, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, afirmou que as críticas do presidenciável Ciro Gomes (PDT) a Fernando Haddad (PT) parecem não convencer o eleitorado, embora as considere "um direito dele".

Ciro disse na semana passada, por exemplo, que o País não aguenta outro "presidente fraco, que tenha de consultar seu mentor", numa referência direta à ex-presidente Dilma Rousseff e ao próprio Lula, segundo reportagem publicada em O Povo.

Dirceu diz que tem se evitado rebater as críticas do pedetista porque ele integra o mesmo campo político do PT e elogia as experiências do pedetista como prefeito, governador, "excelente ministro" e parlamentar.

Questionado sobre um eventual apoio a Ciro Gomes num eventual segundo turno, o ex-ministro disse que não fala pelo PT, mas explicou que, quando fora de disputas no segundo turno, o PT sempre apoia candidaturas de centro-esquerda. "Principalmente agora que (a questão) é a vitória de uma postura de extrema-direita".

Ele também classificou como normal a posição do governador Camilo Santana (PT) em relação à corrida presidencial, de não explicitar apoio nem ao correligionário Fernando Haddad (PT), nem a Ciro Gomes (PDT), líder grupo político Ferreira Gomes no Ceará. "É uma coisa natural, ele é governador, governa numa aliança e tem que administrar politicamente essa aliança", avalia o ex-ministro.

Entrevista:

Em um vídeo-entrevista de 60 minutos concedida também ao jornal O Povo, o ex-ministro José Dirceu afirma que Dilma Rousseff foi “derrubada pelos seus acertos, não pelos erros porque todo governo erra”.

Ele também trata sobre as indicações para o STF feitas nos governos petistas, chama o ministro Luiz Fux de “charlatão togado”, avalia a reforma política, atuação do Ministério Público e do Judiciário, mensalão, acusações de Antônio Palocci e tentativa de afastamento de Lula da política brasileira.

Assista:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247