Disputas internas devem deixar o Ceará fora da direção da Contag

Disputas internas poderão deixar a representação do Ceará fora da nova direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais (Contag). A nova direção da Contag deverá ser eleita durante a realização 12º Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares, marcado para o período de 13 a 17 de março de 2017, em Brasília. Em repúdio a exclusão da representação do Ceará na chapa que disputará a eleição, a Fetraece divulgou uma Carta Aberta, manifestando sua indignação. O deputado estadual Moisés Braz, ex-presidente da Fetraece, também divulgou Nota Pública, repudiando a exclusão do Ceará 

Disputas internas poderão deixar a representação do Ceará fora da nova direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais (Contag). A nova direção da Contag deverá ser eleita durante a realização 12º Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares, marcado para o período de 13 a 17 de março de 2017, em Brasília. Em repúdio a exclusão da representação do Ceará na chapa que disputará a eleição, a Fetraece divulgou uma Carta Aberta, manifestando sua indignação. O deputado estadual Moisés Braz, ex-presidente da Fetraece, também divulgou Nota Pública, repudiando a exclusão do Ceará 
Disputas internas poderão deixar a representação do Ceará fora da nova direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais (Contag). A nova direção da Contag deverá ser eleita durante a realização 12º Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares, marcado para o período de 13 a 17 de março de 2017, em Brasília. Em repúdio a exclusão da representação do Ceará na chapa que disputará a eleição, a Fetraece divulgou uma Carta Aberta, manifestando sua indignação. O deputado estadual Moisés Braz, ex-presidente da Fetraece, também divulgou Nota Pública, repudiando a exclusão do Ceará  (Foto: Fatima 247)

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) deverá eleger sua nova direção durante a realização 12º Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares – CNTTR, marcado para o período de13 a 17 de março de 2017, em Brasília-DF. Na composição da chapa para a nova direção a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) deve ficar fora. Não houve acordo em torno do nome indicado pela Fetraece para compor a chapa.

Em repúdio a exclusão da representação do Ceará, a Fetraece divulgou uma Carta Aberta, manifestando sua indignação. Na carta a Fetraece diz que "é em tempos que gritamos "Juntos Somos Mais Fortes" que o Ceará é banido, posto fora, excluído da próxima direção da CONTAG, que será eleita no 12º Congresso Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares – CNTTR. Até hoje a representação do Ceará, na direção da CONTAG, tem correspondido às expectativas atuando nas diversas pastas a este Estado confiadas. Esta certeza ninguém nos tira. E é exatamente por isto, que repudiamos este processo construído dentro do campo CUTista".

Ainda segundo a carta a Fetraece "há 02 anos abriu um processo de discussão e por ser unanimidade na Direção, nas Regionais e nos 183 sindicatos deixou claro para este campo o desejo em manter o nome do companheiro José Wilson de Sousa Gonçalves, representando o Ceará na direção da Confederação. E há um mês que nos separa da realização do Congresso a FETRAECE foi imposta a condição de compor a chapa com outro nome a ser apresentado". 

A carta também presta solidariedade ao ex-dirigente da Contag. "Ao companheiro José Wilson nossa solidariedade e o compromisso de fazer um caminho de retorno a sua base". 

O deputado Moisés Braz. ex-presidenta da Fetraece, também divulgou Nota. "Nos solidarizamos com o companheiro José Wilson que retorna, de forma inesperada, ao nosso Ceará. Um retorno com a certeza de que muito contribuiu como MSTTR nacional. [...] Aproveitamos para parabenizar toda a direção da nossa Fetraece, que mesmo na iminência de perder espaço político dentro da Contag, manteve-se firme em seu posicionamento, tendo José Wilson como indicado a compor a nova direção da Confederação.

Por fim, lamentamos a postura de companheiros do campo CUTista que conduziram de forma contestável o processo de composição de chapa da Contag, deixando o Ceará, na figura da nossa Fetraece, fora desse espaço de representação, tão bem ocupado por tanto tempo", criticou o deputado estadual Moisés Braz.

Veja a íntegra da Carta Aberta da Fetraece e a Nota Oficial do deputado Moisés Braz

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247