Donizeti cobra andamento de obras no pátio multimodal de Gurupi

Senador Donizeti Nogueira (PT-TO) se reuniu com o presidente da Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias, Mário Rodrigues Junior, para obter informações sobre as obras em andamento das Ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste, bem como sobre os terminais multimodais de Gurupi e de Porto Nacional; Donizeti pediu o encaminhamento de uma nota técnica da empresa para a Subcomissão de Obras Inacabadas do Senado, para esclarecimento dos senadores, e reafirmou o pedido de urgência para as obras dos pátios multimodais  

Senador Donizeti Nogueira (PT-TO) se reuniu com o presidente da Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias, Mário Rodrigues Junior, para obter informações sobre as obras em andamento das Ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste, bem como sobre os terminais multimodais de Gurupi e de Porto Nacional; Donizeti pediu o encaminhamento de uma nota técnica da empresa para a Subcomissão de Obras Inacabadas do Senado, para esclarecimento dos senadores, e reafirmou o pedido de urgência para as obras dos pátios multimodais
 
Senador Donizeti Nogueira (PT-TO) se reuniu com o presidente da Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias, Mário Rodrigues Junior, para obter informações sobre as obras em andamento das Ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste, bem como sobre os terminais multimodais de Gurupi e de Porto Nacional; Donizeti pediu o encaminhamento de uma nota técnica da empresa para a Subcomissão de Obras Inacabadas do Senado, para esclarecimento dos senadores, e reafirmou o pedido de urgência para as obras dos pátios multimodais   (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O senador Donizeti Nogueira (PT-TO) esteve reunido nesta sexta-feira, 14, em Brasília, com o presidente da Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias, Mário Rodrigues Junior, para obter informações sobre as obras em andamento das Ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste. O senador destacou o pedido de informação sobre as obras dos terminais multimodais de Gurupi e de Porto Nacional e a viabilidade de se criar uma linha de transporte de passageiros entre Palmas e Anápolis.

Donizeti pediu o encaminhamento de uma nota técnica da empresa para a Subcomissão de Obras Inacabadas, do Senado Federal, para esclarecimento dos senadores, e reafirmou o pedido de urgência para as obras de Gurupi e Porto Nacional, que são de suma importância para dar suporte de infraestrutura e escoamento para a produção do estado.

O presidente, que estava acompanhado do superintendente de Controle de Obras, Marcus Expedito Felipe de Almeida, esclareceu que as obras não estão paralisadas e que a empresa apenas otimizou, dentro dos recursos já liberados, os trechos priorizados para dar continuidade, mas que todos os trechos estão sendo conservados.

Terminal de Gurupi

Sobre as obras do Pátio de Gurupi, o próprio superintendente de obras, Marcus Expedito, esclareceu que ficou estabelecido numa reunião com o prefeito Laurez Moreira (PSB), em que o senador esteve presente, que o valor dos lotes foi reduzido, o que permitiu dar andamento as licitações e que serão encaminhadas no menor tempo possível, e que a Valec já está esperando os parceiros interessados. O presidente anunciou também que a pedido da ministra Kátia Abreu, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, está sendo reservado um espaço de 6 hectares para a construção de um armazém da Conab, e que Porto Nacional já pode dar andamento a construção de mais um terminal de combustível.

Sobre o estudo de linhas de transporte de passageiros, o presidente esclareceu que legalmente e tecnicamente é possível, mas que depende de estudos sobre a viabilidade econômica da sub-concessionária – o chamado custo benefício -, e isso, depende dos futuros parceiros. Ao final, ficou acertado a pré-agenda de uma visitação dos parlamentares às obras em andamento da Valec para verificar in loco o acompanhamento e o ritmo das mesmas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email