Doria agora culpa Tribunal de Contas pelo próprio fracasso

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a se eximir de responsabilidade pelo fracasso de sua administração; o "culpado" da vez seria o TCM (Tribunal de Contas do Município) de São Paulo; o tucano diz que os conselheiros do TCM retardaram ações de seu primeiro ano de mandato e trouxeram "prejuízo" à população –mesmo que de forma não intencional

Doria agora culpa Tribunal de Contas pelo próprio fracasso
Doria agora culpa Tribunal de Contas pelo próprio fracasso (Foto: Cesar Ogarta / SECOM_PMSP)

SP 247 - Num ano em que enfrentou questionamentos formais e suspensão de contratações de diversos serviços na capital paulista –como varrição, iluminação e manutenção de semáforos–, João Doria (PSDB) diz ver "certo exagero" na ação do Tribunal de Contas do Município em São Paulo.

"[O TCM] deveria atuar na fiscalização das contas e da execução fiscal da Prefeitura de São Paulo, e não em manifestações prévias", afirma, em referência ao órgão autônomo que, nos últimos anos, tem barrado licitações e pedido mudanças ao poder público antes mesmo de contratos serem formalizados.

"Isso compete ao Poder Executivo e à aprovação do Legislativo, mas não ao Tribunal de Contas", afirma Doria em entrevista à Folha.

O prefeito diz que os conselheiros do TCM retardaram ações de seu primeiro ano de mandato e trouxeram "prejuízo" à população –mesmo que de forma não intencional.

As informações são de reportagem de Artur Rodrigues na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247