Doria desiste de promessa para zerar fila de creches em 2017

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), vai recuar em mais uma de suas promessas de campanha; sua principal plataforma eleitoral para a educação, o compromisso de encerrar 2017 sem nenhuma criança de zero a três anos na fila de creches, foi substituída pela meta numérica de 66 mil novas matrículas até dezembro; a fila em setembro do ano passado, por exemplo, chegava a 133 mil crianças

Posse de João Doria (PSDB-SP)
Posse de João Doria (PSDB-SP) (Foto: Giuliana Miranda)

SP 247 - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), vai recuar em mais uma de suas promessas de campanha. Sua principal plataforma eleitoral para a educação, o compromisso de encerrar 2017 sem nenhuma criança de zero a três anos na fila de creches, foi substituída pela meta numérica de 66 mil novas matrículas até dezembro.

As informações são da Folha de S.Paulo.

"O novo compromisso tem como base o total de crianças neste momento na fila de espera. Nas eleições, porém, o compromisso não citava números e se comprometia a chegar a 31 de dezembro sem ninguém na fila da espera, independentemente do número de interessados nas vagas.

Agora, como a fila por creches oscila ao longo de todo o ano, qualquer demanda acima dessas 66 mil crianças estará fora da nova promessa.

Segundo a prefeitura, houve uma "requalificação" do compromisso anterior, após a indicação de Alexandre Schneider para a Secretaria da Educação de Doria.

Assim que indicado para o cargo, o novo secretário já havia sinalizado a impossibilidade de zerar completamente a fila no prazo de um ano.

No mês de dezembro, quando foi registrada a espera de 66 mil pessoas, tradicionalmente a fila menor. É nesse período que muitas crianças são transferidas para as Emeis (para crianças de 4 e 5 anos).

A fila em setembro do ano passado, por exemplo, chegava a 133 mil crianças."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247