Doria diz não ser responsável por ‘operação esquenta’ para o governo de SP em 2018

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), negou ser responsável pela "operação esquenta" que movimentam para viabilizar seu nome como candidato ao governo de São Paulo; "Eu não sou responsável pela operação esquenta", disse o prefeito; Doria reforçou o seu compromisso com a candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à presidência da República

Doria é visto no PMDB e em parte do DEM como um potencial candidato à Presidência em 2018
Doria é visto no PMDB e em parte do DEM como um potencial candidato à Presidência em 2018 (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), negou ser responsável pela "operação esquenta" que movimentam para viabilizar seu nome como candidato ao governo de São Paulo.  "Eu não sou responsável pela operação esquenta", disse o prefeito, em entrevista na noite de quarta-feira, 10, à TV Gazeta.

O termo foi usado pela jornalista Maria Lydia Albuquerque quando questionou o prefeito sobre o movimento conduzido por deputados estaduais e prefeitos tucanos em diretórios da sigla defendendo a candidatura de Doria. "Não é hora de discutir Palácio dos Bandeirantes nem sucessão", disse o chefe do executivo municipal.

Doria reforçou o seu compromisso com a candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à presidência da República. "Provavelmente, haverá prévia com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio. O PSDB é um partido democrático, se existir a prévia, o governador vai disputar e vencerá", complementou.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247