Duda continua esperando seus R$ 30 milhões de volta

Apesar de ter sido absolvido na Ação Penal 470, o chamado mensalão, o publicitário continua com patrimônio bloqueado pelo Supremo Tribunal Federal (STF); depois de dois pedidos de liberação negados, seus advogados decidiram que só vão pedir novamente a liberação após o fim do prazo de embargos na corte; entre os bens de Duda Mendonça está uma ilha no baixo sul da Bahia, além de fazendas, carros e dinheiro em contas bancárias

Duda continua esperando seus R$ 30 milhões de volta
Duda continua esperando seus R$ 30 milhões de volta

Bahia 247

Os advogados do publicitário baiano Duda Mendonça decidiram que só vão pedir novamente o desbloqueio dos seus bens ao Supremo Tribunal Federal (STF) após o fim do prazo de embargos, conforme nota da coluna Painel, da Folha.

Na última sexta-feira (26), o procurador geral da República, Roberto Gurgel, disse que não recorrerá das absolvições. Os defensores, contudo, preferem esperar o trânsito em julgado.

Apesar de ter sido absolvido na Ação Penal 470, o chamado mensalão, Duda Mendonça tem patrimônio de aproximadamente R$ 30 milhões com impedimento judicial imposto pela corte máxima brasileira.

Entre os bens estão diversos imóveis, entre eles uma ilha no baixo sul da Bahia; fazendas em diferentes regiões do estado, valores em dinheiro em contas bancárias e automóveis.

A indisponibilidade do patrimônio gerou recentemente especulação de que Duda havia perdido oportunidade de fechar parceria com o colega de profissão Pernambucano Antônio Lavareda para campanhas Brasil a fora em 2014. O baiano não comentou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247