Duplicação da BR 101 em Sergipe deve ser concluída em 2014

Atualmente, 129 quilômetros do total de 206 quilômetros de extensão da BR-101 no Estado de Sergipe estão em duplicação; além das novas pistas, o projeto inclui a construção de 45 pontes, 9 viadutos e 3 passagens inferiores. O trecho de 52 quilômetros entre o município de Estância e a divisa com a Bahia já tem projeto de duplicação concluído; a duplicação no trecho sul será executada por meio de convênio com o governo do Estado de Sergipe

Duplicação da BR 101 em Sergipe deve ser concluída em 2014
Duplicação da BR 101 em Sergipe deve ser concluída em 2014

Sergipe 247 - Com o intuito de agilizar as obras de duplicação da BR-101, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) passou a gerenciar as obras remanescentes que estavam sob a responsabilidade do 4º Batalhão de Engenharia e Construção, incorporando o trecho do KM- 51,7 ao KM-77,3. Atualmente, 129 quilômetros do total de 206 quilômetros de extensão da BR-101 no Estado de Sergipe estão em duplicação.

Além das novas pistas, o projeto inclui a construção de 45 pontes, 9 viadutos e 3 passagens inferiores. O trecho de 52 quilômetros entre o município de Estância e a divisa com a Bahia já tem projeto de duplicação concluído. A duplicação no trecho sul será executada por meio de convênio com o governo do Estado de Sergipe, que já prepara licitação das obras.

Em relação à extensão do KM- 51,7 ao KM-77,3, foi realizada a licitação para a obra de duplicação e restauração da pista existente, tendo como ganhadora o Consórcio VMP - Vilasa, Mac, Pavotec, que apresentou proposta mais vantajosa no valor de R$ 124,8 milhões, com prazo de término de 720 dias a contar da ordem de início.

Desta maneira, toda a duplicação da BR-101, em Sergipe, deve ser concluída em 2014, o que representa um investimento de cerca de R$ 1 bilhão para melhoraria da infraestrutura logística do Nordeste, sendo este proveniente do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC.

A BR-101 é de suma importância para o Brasil, pois corta o país desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, considerada assim uma rodovia longitudinal. Responsável pelo transporte de produtos, a rodovia interliga os principais polos econômicos da região e permite o acesso ao litoral nordestino.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247